Árbitra Brasileira Leonor Demário marca presença no Mundial da França

16/05/2013 14:12

A experiente árbitra brasileira, Leonor Demário, é a única representante brasileira no quadro de árbitros do Campeonato Mundial, realizado em Paris, na França.

O Brasil possui um dos maiores e mais respeitados quadros de árbitros do mundo. Isso graças ao trabalho realizado pela CBTM durante anos, com cursos de especialização que ajudaram no desenvolvimento da categoria.

Leonor é um exemplo claro do trabalho feito no Brasil, com muita seriedade e competência, a árbitra dignifica e aumenta a credibilidade da arbitragem brasileira em nível mundial. A paranaense da cidade de Guarapuava, já acumula no currículo seis mundiais, uma Olimpíada e duas Paraolimpíadas.

Leonor veio de uma família de poucos recursos do interior do Paraná e como a família era grande e numerosa seus pais sempre arranjavam um jeito de entreter a ela e aos seus irmãos. Foi assim que a paranaense começou a ter seus primeiros contatos com o Tênis de Mesa. Em uma mesa improvisada com bolinhas muitas vezes feitas de papel e pedaços de madeira para fazer as raquetes, ela e seus irmãos se divertiam com o que na época era apenas uma brincadeira para ela.

Com o passar dos anos, Leonor foi descobrindo a paixão pelo esporte e começou a treinar a modalidade em sua cidade. Como atleta chegou a ser vice-campeã paranaense, jogou um brasileiro e alguns campeonatos universitários. A profissão de árbitra foi descoberta a princípio, por uma brincadeira, segundo a ex-atleta, ela sempre quis ser controladora, firme e positiva em todas as suas ações.

Para chegar aonde chegou, a árbitra internacional desde 1988, afirma ter estudado muito para alcançar seus objetivos, além de ter cursado Educação Física e ter feito curso de arbitragem, foi preciso passar por uma bateria de provas que fazem parte do Programa Educação Continuada para os Árbitros, da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), para chegar então a tão almejada categoria Blue Badge.

Perguntada sobre o que é preciso para ser um bom árbitro de Tênis de Mesa Leonor diz, --- Em primeiro lugar tem que gostar muito do esporte, depois você precisa ter um alto nível de concentração e interesse e a dedicação tem que ser constante para estar sempre atualizado. --- aconselha a árbitra.

Mesmo acostumada com evento do porte do Mundial da França, Leonor afirma que não pode descuidar um minuto, tem que estar sempre focada, --- A pressão é muito grande, é brutal, o nível de excelência que nos submete é muito alto, precisamos redobrar a atenção. --- explica.

--- Como profissional estou bem realizada em relação aos meus objetivos, mas agora sonho em poder viver a experiência de poder arbitrar nas próximas olimpíadas, na minha própria casa, no meu próprio país. -- confessa Leonor Demário.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.