Mato-grossenses se destacam na disputa do Rating da Copa Brasil

02/08/2018 15:42

Vários atletas que nasceram ou atuam no estado disputaram finais no primeiro dia de competição  

FOTO: Rebecca Figueiredo venceu o Rating J. Crédito: Christian Martinez/RGB Studios.

 

Cuiabá (MT), 02 de agosto de 2018.

Claudia Mendes

Os donos da casa fizeram bonito no primeiro dia da Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste. Vários atletas que atuam ou nasceram no Mato Grosso disputaram finais de Rating, realizadas nesta quinta-feira (2), no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá.

Ao todo, foram cinco vencedores que puderam dizer estar jogando em casa. Foi o caso de Luciana Morimoto, atleta que nasceu em Cuiabá e compete pelo Nipo Campo Mourão (PR). Na decisão do Rating B Feminino, ela derrotou Giovana Grilo por 3 a 0 (11/5, 11/8 e 11/8). Além de jogadora, também é técnica. E garante que dá conta das duas funções.

“Na verdade, é mais emocionante ver um atleta meu ganhando do que eu mesma. Nos treinos é fácil, mas nos jogos a cabeça fica meio dividida. Estou jogando e tem um atleta meu do lado. Mas já estou acostumada”, explica a cuiabana.

Outra campeã veio do Rating J Feminino. Rebecca Figueiredo bateu Edna Matsubara na decisão, por 3 a 1 (11/3, 10/12, 11/3 e 11/5). O detalhe curioso é que neste Rating todos os atletas eram da AABB Cuiabá.

“A gente está indo bem, mas precisa melhorar um pouquinho. Estar com outros atletas, técnicos, trocar vivências e experiências é muito importante. Só não participo mais vezes devido aos custos e deslocamentos”, disse a campeã, que gostaria que mais competições fossem realizadas no estado.

No masculino, foram três campeões mato-grossenses no Rating. No J, Rafael Yonekubo venceu Nicolas Nishimura, por 3 a 1 (11/8, 9/11, 11/5 e 11/8). No Rating N, João Vitor Carneiro derrotou Jorge Luis Alarcon por 3 a 0 (11/5, 11/6 e 11/8). E, no Rating O, Enzo Matsubara bateu Álvaro Brandão, por 3 a 2 (9/11, 11/5, 11/7, 6/11 e 11/9). Os três atletas campeões são da AABB Cuiabá.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa