Aberto da Áustria: Calderano supera alemão e está nas quartas do torneio individual

22/09/2017 16:23

Brasileiro vai encarar francês Simon Gauzy neste sábado

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 22/09/2017

Foto: ITTF

Hugo Calderano, atual número 26 do mundo, está a um passo das semifinais do torneio individual do Aberto da Áustria. O brasileiro venceu o alemão Bastian Steger (29º), pelas oitavas de final, nesta sexta-feira (22) e, nas quartas, vai encarar o francês Simon Gauzy (16º). O duelo acontece neste sábado (23), às 11h45 (horário de Brasília) e terá transmissão pela ITTF TV (mesa 1).
 
Na luta para avançar na competição, Calderano teve um jogo equilibrado com Steger e venceu por 4 sets a 2, de virada (6/11; 11/7; 13/11; 3/11; 12/10 e 11/5). Gauzy, por sua vez, bateu o japonês Masaki Yoshida por 4 sets 1 (3/11; 11/3; 13/11; 11/9 e 11/7)
 
O próximo adversário é um velho conhecido de Hugo. Simon Gauzy é companheiro do brasileiro no Ochsenhausen, da Alemanha. Eles, inclusive, foram parceiros no torneio de duplas no Aberto da República Tcheca, que aconteceu no mês passado.
 
Na estreia no individual, Calderano, um dos cabeças de chave do torneio, bateu o japonês Masataka Morizono por 4 sets a 2.
 
No ano passado, no Aberto da Áustria, Hugo entrou para a história ao ser o primeiro brasileiro a chegar a uma final de uma etapa Major - segunda mais importante da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). Ele ficou com a medalha de prata ao perder para o japonês Kenta Matsudaira. 
 
Vale lembrar que, nesta temporada, o Aberto da Áustria é Platinum, ou seja, o mais importante na escala do circuito mundial.
 
Nas oitavas de final do torneio de duplas, Calderano e Gustao Tsuboi perderam para os chineses Fang Bo e Zhou Yu por 3 sets a 0 (11/8; 11/8 e 11/6) e deram adeus.
 
Gustavo Tsuboi também esteve no individual, mas foi eliminado na segunda fase, ao perder para o frances Alexandre Robinot por 4 sets a 2. Na primeira etapa, ele ficou com a liderança do Grupo 41, ao vencer Chiang Hung-Chieh, de Taipei, e Leonel Barrios, da Guatemala, ambos por 4 sets a 0.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br