Aberto da Alemanha: Calderano e Tsuboi vencem e vão às quartas do torneio de duplas

09/11/2017 17:39
Em estreia, brasileiros derrotaram Chuang Chih-Yuan e Sun Chia-Hung, de Taipei
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 9/11/2017
 
Foto: ITTF
 
Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi estrearam bem no torneio de duplas do Aberto da Alemanha, etapa Platinum do Circuito Mundial (a mais importante), nesta quinta-feira (9). Pelas oitavas de final, a sétima melhor parceria do mundo derrotou o combinado de Taipei, formado por Chuang Chih-Yuan e Sun Chia-Hung, e, agora, vão para as quartas de final tendo de encarar outra dupla asiática: Ho Kwan Kit/Wong Chun Ting, de Hong Kong.
 
O confronto valendo vaga para as seminais do campeonato vai acontecer nesta sexta-feira (10), às 7h40 (horário de Brasília), e vai ser transmitido pela ITTF TV (mesa 2).
 
No embate contra os atletas de Taipei, Calderano e Tsuboi saíram atrás do placar, mas se recuperaram, viraram o confronto e finalizaram a partida em 3 sets a 1. As parciais foram: 8/11, 11/8, 11/3 e 11/5.
 
A dupla brasileira foi a única parceria não-asiática que conseguiu chegar nas quartas de final do Aberto da Alemanha. Do lado de Calderano/Tsuboi da chave, estão Tomokazu Harimoto/Yuto Kizukuri, do Japão, e Fan Zhendong/Xu Xin, da China. Enquanto isso, do outro lado estão Lam Siu Hang (Hong Kong)/Yu Ziyang (China), Ning Gao/Xue Jie Pang, de Singapura, Liao Cheng-Ting/Heng-Wei Yang, de Taipei, e Youngsik Jeoung/Sangsu Lee, da Coreia do Sul.
 
Calderano é eliminado no individual
 
Hugo Calderano (18º colocado no ranking mundial) não conseguiu repetir o bom desempenho que teve na primeira fase. O brasileiro acabou não conseguindo passar pelo polonês Jakub Dyjas (61º), que o bateu por 4 sets a 1 (14/16, 11/6, 11/6, 11/6 e 11/8), na fase preliminar, tendo de se despedir do torneio individual.
 
Na fase de grupos, Hugo terminou na liderança do Grupo 2. Primeiro, ele foi à mesa contra o tcheco Tomas Polansky (175º) e o derrotou por 4 sets a 0, com parciais de 11/6, 11/5, 11/5 e 12/10. Depois, foi a vez de encarar o indiano Sanil Shetty (169º) e vencer pelo mesmo placar da partida anterior. As parciais foram: 11/5, 11/8, 14/12 e 11/6.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br