Aberto da Bélgica: Brasil vai ser representado por três atletas

31/10/2017 18:01
Cabeças de chave, Bruna Takahashi, Thiago Monteiro e Eric Jouti estreiam nesta quinta-feira 
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 31/10/2017
 
Foto: ITTF
 
O Aberto da Bélgica - etapa Challenge do Circuito Mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) começa a ser disputado nesta terça-feira (31) e o Brasil tem três representantes na competição. Bruna Takahashi, Thiago Monteiro e Eric Jouti estão na cidade de De Haan e vão fazer a estreia na quinta-feira (2/11) - data do início da fase principal dos torneios individuais - por serem cabeças de chave da competição.
 
O trio só vai disputar os campeonatos de simples do aberto. Bruna terá o primeiro desafio no sub-21, em que joga na quinta, às 7h45 (horário de Brasília). Já pela competição adulta, a atleta estreia às 10h20. Nos 32 avos de final, Eric joga também na quinta, às 12h. Pela mesma fase, Thiago vai à mesa, às 12h50.  Os adversários dos brasileiros ainda não foram definidos.
 
A etapa do Circuito Mundial vai ser a primeira atividade de Bruna na Europa. A mesatenista vai passar um período treinando na Bélgica depois da competição. Além disso, na última semana, ela foi indicada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) para ser um dos 12 jovens que vão ser apoiados pelo Programa Solidariedade Olímpica (SOI) do Comitê Olímpico Internacional (COI) visando a participação da brasileira nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.
 
Entre os homens, o último compromisso de Thiago e Eric foi o Aberto da Polônia, disputado no início de outubro. Os brasileiros fizeram uma boa campanha nos grupos e avançaram para a fase principal do campeonato. Porém, logo na primeira rodada, acabaram sendo superados. 
 
O Aberto da Bélgica é uma etapa Challenge do Circuito Mundial, terceira em nível de importância da ITTF. A competição vai ser disputada até o próximo sábado (4/11). Nos dois primeiros dias, será jogada a fase de grupos dos torneios individuais e de duplas e, a partir de quinta-feira, acontecerão as fases principais das competições.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br