Aberto da Eslovênia começa nesta quarta-feira, com seis brasileiros participando da disputa

07/05/2019 13:43

Brasil tem quatro cabeças de chave nos torneios individuais e a principal dupla da competição, que é boa oportunidade para crescimento no ranking

 

FOTO: Eric Jouti é um dos brasileiros na disputa. Crédito: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte.

 

Otocec (SLV), 07 de maio de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

Começa nesta quarta-feira (8) o Aberto da Eslovênia, competição nível challenge do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, em Otocec. E o Brasil estará muito bem representado. Serão seis atletas na disputa: Bruna Takahashi, Caroline Kumahara e Jéssica Yamada no feminino, e, Eric Jouti, Gustavo Tsuboi e Vitor Ishiy no masculino. Bruna também participa do torneio sub-21.

Dos seis atletas do Brasil, quatro são cabeças de chave. No torneio individual masculino, Tsuboi é o número 3, Jouti é o 10, e Ishiy o 25. No feminino, Bruna é a 10ª cabeça de chave. Além disso, nas duplas, Tsuboi e Jouti são os cabeças de chave número 1.

O torneio é uma boa oportunidade de crescer no ranking mundial, além de se preparar para os torneios subsequentes mais fortes, como os Jogos Pan-Americanos, onde o Brasil defende a hegemonia nas Américas.

Eric Jouti é um destes exemplos. Após a participação no Mundial, ele pulou da 74ª para a 68ª colocação no ranking mundial, sua melhor posição na carreira. O atleta está animado com a possibilidade de repetir a boa participação no ano passado, quando chegou nas quartas de final, ficando bem próximo de uma medalha. Além dele, Tsuboi também parou na mesma fase.

“Esses torneios que acontecem na sequência são muito bons para manter o ritmo de jogo. A motivação sempre é a mesma de querer aprender e melhorar cada vez mais. Espero fazer bons jogos e chegar o mais longe possível. Ano passado fiz um belo torneio, chegando nas quartas de final, e espero ir melhor dessa vez”, projeta Jouti.

Nesta quarta-feira, três atletas entram em ação. No feminino, pelo grupo 10, Caroline Kumahara enfrenta a croata Ivana Tubikanec, às 4h (de Brasília), enquanto Jessica Yamada tem como adversária a eslovena Ursska Chokelj, às 10h, pelo grupo 22. Bruna Takahashi enfrenta a eslovena Lea Paulin, às 13h20, pela fase de 64 do torneio Sub-21.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa