Após 17ª posição no ranking mundial, Calderano mira novos feitos: 'Continuar treinando muito para subir mais ainda'

03/02/2017 13:30

Jovem brasileiro celebrou ainda o retorno ao Top 5 das duplas, posição que ostenta ao lado de Gustavo Tsuboi

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 03/02/2017

Foto: ITTF

Novo 17º melhor jogador do mundo, Hugo Calderano não esconde a satisfação pela posição alcançada no ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), mas mostra que quer mais. A dois passos de entrar no Top 15, o brasileiro garante que vai manter o forte trabalho que vem fazendo para chegar ainda mais longe.
 
Ele celebrou também o fato de a dupla formada com Gustavo Tsuboi ter voltado à quinta colocação do ranking mundial, após a conquista da prata no Aberto da Hungria. Esta foi a segunda final consecutiva que a parceria chegou em uma etapa de um Aberto da ITTF. Eles já haviam conquistado o ouro no Aberto da Suécia - etapa Major, no fim do ano passado.
 
"Fiquei feliz com a minha nova posição no ranking. É a minha melhor até hoje e, com certeza, vou continuar treinando muito para subir mais ainda. Nas duplas, mais uma vez, mostramos do que somos capazes e ganhamos a prata na Hungria. Acho que merecemos o quinto lugar", disse.
 
Calderano voltará a defender o Brasil no Aberto do Catar, que acontecerá entre os dias 21 e 26 de fevereiro, quando atuará tanto no individual quanto nas duplas. Porém, antes disso, ele terá compromissos pelo Ochsenhausen (ALE).
 
"Vou jogar, na sexta que vem (10), a partida de volta das quartas de final da Champions League, contra Düsseldorf (no primeiro confronto, o Ochsenhausen venceu o por 3 a 2), e depois tenho o Aberto do Catar. Acredito que vá chegar bem preparado para as duas competições e espero conseguir bons resultados", salientou.

O jovem havia começado a temporada de 2017 na 20ª colocação do ranking, após grandes resultados em 2016, quando chegou às oitavas de final dos Jogos Olímpicos, conquistou a prata no individual do Aberto da Áustria - etapa Major e o ouro nas duplas, ao lado de Tsuboi, no Aberto da Suécia - etapa Major. Além disso, conquistou a Copa Latino-Americana.
 
Em janeiro, Calderano renovou contrato com o Ochsenhausen até 2019. Ele está no clube alemão desde 2014.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br