Assembleia Geral da CBTM aprova contas e novo Estatuto da entidade, com atletas passando a ter dez votos

30/03/2019 16:35

Nova redação do Estatuto aguarda apenas registro e publicação. Reunião teve a presença de quase todos os filiados em São Paulo

FOTO: Dirigentes participaram da Assembleia Geral, em São Paulo. Crédito: Daniel Zappe/CBTM

 

São Paulo (SP), 30 de março de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

A Assembleia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) aconteceu neste sábado (30), no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), aproveitando a presença de toda a comunidade na Copa Brasil Sul-Sudeste. Entre diversos temas, foi aprovada a redação final do Estatuto da entidade com a distribuição de votos (a participação de atletas, técnicos, clubes e árbitros já tinha sido aprovada na última Assembleia), aguardando registro e publicação para entrada em vigor, além da aprovação de contas do exercício anterior, por unanimidade. Das 22 Federações filiadas, 21 estiveram presentes na reunião.

Na nova redação do Estatuto, as 22 federações filiadas terão direito a votos, assim como dez representantes dos atletas, cinco dos clubes, um dos árbitros, um dos técnicos e um do Conselho de Administração. Todos os votos terão peso um nas decisões. A nova redação atende a exigências do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), além de se enquadrar nas alterações previstas da Lei 9.615/98.

“Atendemos a algumas normativas de governança. Acho que avançamos de maneira importante, modernizando o Estatuto e dando voz a diversos segmentos”, explicou Geraldo Campestrini, CEO da entidade e que atuou como secretário da Assembleia Geral.

Além dos temas já citados, o presidente da CBTM, Alaor Azevedo, aproveitou a reunião para fazer uma exposição de todo o trabalho com as Seleções principal e das categorias de base, além do esforço para que as competições nacionais pudessem ter uma evolução no tratamento dos serviços.

“Mostramos a nossa realidade, os nossos avanços. O ano de 2018 foi memorável e foi tudo aprovado por unanimidade, o que prova total harmonia no tênis de mesa brasileiro. Pudemos realizar essa Assembleia durante uma Copa Brasil, de forma que todos vissem essa estrutura fantástica do Centro Paralímpico. Estamos começando uma nova temporada, com novos líderes e já começamos com padrão internacional, inclusive com transmissão ao vivo, coisa que não acontecia há muito tempo”, disse o presidente.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa