Atletas da Rocinha estão entre os destaques nos eventos da Federação do Rio

27/06/2012 19:10

O técnico de Tênis de Mesa do Fluminense, Ricardo Lopes, o “Cebola”, que também atua como professor do projeto social realizado no complexo da Rocinha está muito satisfeito com os resultados obtidos por seus alunos.

O trabalho já completou um ano e é feito com crianças entre 8 e 15 anos, moradores da localidade. No ano passado, o grupo alcançou o vice-campeonato da categoria Pré-mirim no Torneio de Equipes do Rio de Janeiro, ficando atrás apenas do Fluminense.

--- A infraestrutura esportiva é um forte legado do projeto porque permite que as crianças de classe baixa se desenvolvam como um ser social, ligando a educação, cultura e o esporte, os tirando um pouco da realidade violenta e cruel que ainda existem nestas comunidades. Sem contar a tranquilidade que o projeto trouxe para muitos pais que viam seus filhos ociosos e sem perspectiva --- afirmou Ricardo..

Entre os destaques da equipe de Tênis de Mesa do Complexo Esportivo da Rocinha estão Renan Silva e Daylan Freitas, que são levados para treinar no Fluminense, onde recebem toda ajuda necessária para aprender e se desenvolverem na modalidade.

--- Eles representam os clubes nas competições e com isso, em um futuro bem próximo, podem até integrar as Seleções Carioca e Brasileira --- garantiu o técnico.