Atletas da seleção disputam torneio paralímpico da Copa Brasil de olho no Mundial

15/08/2014 16:16
Mesatenistas que representarão o Brasil na China usam a competição como etapa final dos treinamentos
 
Pedro Andrade, de Piracicaba (SP) - 15/08/2014
 
As disputas paralímpicas da etapa de Piracicaba (SP) da Copa Brasil de Tênis de Mesa começam neste sábado (16/8). Recheado de atletas da seleção brasileira que disputará o Mundial Paralímpico, em Pequim, na China, entre 6 e 15 de setembro, o torneio no interior paulista também é visto como uma etapa importante da preparação.
 
"Esta etapa da Copa Brasil é o segundo torneio mais importante do semestre pra mim, atrás apenas do Mundial. Participo das disputas paralímpicas e regulares e quero usar isso para me preparar da melhor forma possível", disse Paulo Salmin (Associação Nova Era de Tênis de Mesa-SP), atleta da classe 7, ciente de seu favoritismo.
 
"Nosso principal objetivo é mostrar porque temos o favoritismo e que somos os que estão melhor preparados. É uma pressão grande e diferente das que tem os outros atletas. Estamos nos preparando para o Mundial e esse torneio é muito importante nesse processo", completou Paulo.
 
Na última quinta-feira (14/8), Paulo Salmin sagrou-se campeão do Rating D Masculino, ao vencer Marcos Fernandes (CCP APTM Piracicaba-SP) por 3 sets a 2 (11-9, 8-11, 2-11, 11-9, 11-9) na decisão. De sexta-feira (15/8) até domingo (17/8) ele vai disputar o Absoluto B do Ranking.
 
Mais seis atletas da seleção participam da Copa Brasil
 
Além de Paulo Salmin, que vai disputar a classe 7, outros seis integrantes da delegação que vai para a China participarão da Copa Brasil neste sábado: Joyce Oliveira (classe 4), Jennyer Parinos (classe 9), Alosio Lima (classe 1), Guilherme Costa (classe 2), Iranildo Espíndola (classe 2) e Carlos Carbinatti (classe 10).
 
"Estamos na fase final da preparação, onde entramos na parte mais especifica, como definição de táticas e estudo de adversários, e a Copa Brasil veio na melhor hora possível. Estamos conseguindo fazer bons jogos, principalmente na categoria olímpica. O Paulo Salmin foi campeão no Rating D, os outros também foram bem, então está sendo ótimo para a nossa preparação", disse Paulo Camargo, técnico da seleção paralímpica de andantes do Brasil.
 
"Mesmo não sendo técnico deles nos clubes, eu aproveito a competição olímpica e fico no banco vendo os jogos para afinarmos toda a parte tática, vermos em que nível estamos, fazer alguns acertos. Temos apenas mais duas semanas de treinos. Finalizamos a parte física e vamos aproveitar para fazer um trabalho psicológico e fazer amistosos, intensificando os treinamentos e visando mais as situações de jogos", concluiu.
 
Apenas Jane Rodrigues (classe 8) e Bruna Alexandre (classe 10) não farão parte do torneio paralímpico. Bruninha chegou a disputar o Rating A feminino na última quinta-feira e ficou com a prata, mas precisou voltar para casa em função da viagem para período de treinos na França antes do Aberto da República Tcheca, que acontecerá entre 27 e 31 de agosto. De lá, embarca direto para a China.
 
O torneio paralímpico da Copa Brasil terá a presença de 140 atletas divididos em 19 categorias, sendo oito femininas e 11 masculinas. Todos os jogos e a cerimônia de premiação acontecem no sábado.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 
Siga a CBTM nas redes sociais:
 
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa
 
 
iDigo | Assessoria de comunicação CBTM

 

imprensa@cbtm.org.br