Atletas de Brasília são a esperança do país nas Paralimpíadas de Londres

13/07/2012 20:06

Nas competições que acontecem pelo Brasil e no mundo, os atletas da Classe 2 Iranildo Espíndola e Ronaldo Souza são adversários na mesa, o que poderia criar um clima de rivalidade, mas nem de longe isso acontece.

Os dois treinam juntos na academia AABB/Rizzone, de Brasília, e parecem irmãos, ou melhor, primos, como um se refere ao outro.

Iranildo é o atual campeão Parapan-Americano e Ronaldo o vice. Os dois possuem várias coisas em comum. Ambos sempre foram atletas e se viram obrigados a mudar de esporte depois de se acidentarem.

O primeiro era jogador de futebol profissional e ficou com o corpo paralisado da cintura para baixo ao bater com a cabeça em um banco de areia depois de mergulhar em uma praia no litoral do Espírito Santo. O segundo era triatleta e foi atropelado enquanto treinava.

O destino e o Tênis de Mesa acabaram unindo Iranildo e Ronaldo, que além de amigos também formam dupla quando o Brasil disputa torneio de equipes.

No ano passado, no Aberto da Hungria, os dois conseguiram conquistar a medalha de bronze, um feito comemorado principalmente por Ronaldo, que pratica a modalidade há muito menos tempo e já vem obtendo resultados expressivos.

Em 2009, na estreia em eventos internacionais, Ronaldo conquistou o ouro no Campeonato Parapan-Americano em Isla Margarita, na Venezuela.

Os dois estão classificados para os Jogos Paralímpicos de Londres e serão parceiros no Torneio de Equipes, mas podem se enfrentar mais uma vez no Torneio Individual, assim como aconteceu no Parapan do México.