Brasil é campeão por equipes do Latino-Americano no feminino e no masculino

07/03/2018 17:33
Time feminino bate a Argentina na final, enquanto equipe masculina supera chilenos na decisão
 
FOTO: Equipe feminina recebe a premiação no Latino-Americano. Crédito: ITTF.
 
Rio de Janeiro (RJ), 07 de março de 2018.
Por: Assessoria de Comunicação - CBTM
 
Dobradinha brasileira no Campeonato Latino-Americano de Tênis de Mesa, disputado em Havana, capital de Cuba. Nesta quarta-feira (7/3), os times feminino e masculino ganharam as finais de equipes, confirmaram o favoritismo e, consequentemente, o título da competição. Enquanto as meninas despacharam as argentinas por 3 a 0, os rapazes bateram o Chile por 3 a 1.
 
A delegação brasileira, que teve Hugo Hoyama como treinador de ambos os times, foi formada por Gui Lin, Bruna Takahashi e Jessica Yamada, no feminino, e Eric Jouti, Thiago Monteiro, Vítor Ishiy e Humberto Manhani entre os homens.
 
O triunfo brasileiro sobre as argentinas começou com uma segura vitória de Gui Lin sobre Camila Argüelles, por 3 sets a 0 (11/3, 11/8 e 11/5). A facilidade, porém, não se repetiu no jogo seguinte, no qual Bruna Takahashi precisou de cinco parciais para bater Ana Codina por 3 a 2 (11/5, 11/5, 10/12, 10/12 e 11/4). No duelo de duplas, porém, o Brasil voltou a se impor e fechou o placar em 3 a 0, com Jessica Yamada e Gui Lin superando Candela Molero e Camila Argüelles (11/5, 11/8 e 11/5).
 
Foi mais apertado o confronto masculino, que parecia, num primeiro momento, não apresentar dificuldades. O Brasil abriu 2 a 0 com vitórias de Vítor Ishiy sobre Juan Lamadrid, por 3 a 0 (11/3, 12/10 e 11/9), e Eric Jouti sobre Felipe Olivares, pelo mesmo placar (12/10, 11/3 e 11/4). No entanto, o duelo de duplas entre Thiago Monteiro/Vitor Yshiy contra Juan Lamadrid/Gustavo Goméz foi dramático. O Chile saiu na frente, os brasileiros viraram para 2 a 1, mas os andinos não se renderam e viraram o jogo para 3 a 2 (14/16, 11/3, 11/5, 7/11 e 9/11).
 
A responsabilidade por sacramentar o duelo ficou com Eric Jouti, justamente o melhor ranqueado do Brasil na Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) entre os presentes. Novamente houve um duelo emocionante, agora contra Gustavo Gómez. O brasileiro saiu na frente, mas cedeu o empate duas vezes. No set final, chegou a abrir 9 a 3, viu o chileno se aproximar perigosamente, mas manteve os nervos no lugar e, com 11 a 8, confirmou o título verde e amarelo (11/8, 9/11, 11/5, 9/11 e 11/8). “Foram jogos bem disputados e acabou sendo um resultado esperado para o Brasil. Viemos para cá para brigar por todos os títulos e demos o primeiro passo hoje”, disse o técnico Hugo Hoyama.
 
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 
 
 
Siga a CBTM nas redes sociais:
 
 Facebook  Twitter  Instagram