Brasil é campeão sul-americano mirim feminino por equipes

18/05/2018 16:36

Além do título conquistado por Beatriz Kanashiro e Giulia Takahashi, o mirim masculino ficou com a prata e o pré-mirim feminino ganhou bronze

Crédito da Foto: ULTM

 

Rio de Janeiro, 18 de maio de 2018

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

A equipe brasileira da categoria mirim feminino, formada por Beatriz Kanashiro e Giulia Takahashi, conquistou, nesta sexta-feira (18), o título do Campeonato Sul-Americano da categoria, em Assunção, no Paraguai. As meninas brasileiras derrotaram as peruanas, por 3 a 1, na decisão do ouro.

Já a equipe masculina passou raspando pelo título, ficando com a prata. Leonardo Iizuka e Thiago Uieda foram derrotados pela equipe colombiana, por 3 a 2, na final. Beatriz Fiore, Karina Shiray e Mahayla Sardá, na categoria pré-mirim, já haviam garantido o bronze, pois foram derrotadas pelo Equador B, na semifinal, por 3 a 2.

A primeira partida da decisão foi disputada por Giulia Takahashi contra Ana Paula Yenobi. A brasileira superou a peruana, com facilidade, por 3 a 0 (11/3, 11/4 e 11/4). No segundo jogo, Beatriz Kanashiro foi derrotada por Mariagrazia Latorre, por 3 a 1 (1/11, 15/13, 9/11 e 7/11). Giulia e Beatriz encararam Ana Paula Yenobi e Mariagrazia Latorre nas duplas, vencendo por 3 a 1 (11/9, 8/11, 11/2 e 11/4). Giulia bateu Mariagrazia Latorre no quarto jogo, por 3 a 0 (11/5, 11/9 e 11/9), fechando a disputa e garantindo o ouro.

“No terceiro jogo, quando estava 1 a 1, jogamos a partida de duplas e ganhamos com muita garra e tática. Depois, Giulia garantiu no quarto jogo. Ficamos muito felizes, pois é muito bom vencer um campeonato internacional”, explicou Beatriz Kanashiro.

Os meninos tiveram um duelo equilibrado contra os colombianos. O primeiro a atuar foi Thiago Uieda, que perdeu para Miguel Aguirre, por 3 a 1 (12/10, 6/11, 9/11 e 8/11). Na sequência, Leonardo Iizuka fez grande partida contra Federico Otalvaro e venceu, por 3 a 1 (9/11, 11/9, 11/5 e 11/7). Nas duplas, Federico Otalvaro e Miguel Aguirre levaram a melhor sobre os brasileiros: 3 a 1 (11/8, 8/11, 6/11 e 12/14). Leonardo Iizuka manteve o Brasil vivo, ao derrotar Miguel Aguirre, por 3 a 2 (11/9, 11/7, 7/11, 8/11 e 11/2). No confronto decisivo, muito equilibrado, Thiago Uieda acabou superado por Federico Otalvaro, por 3 a 2 (6/11, 11/7, 7/11, 11/8 e 9/11).

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa