Brasil conquista três bronzes no último dia do Pan-Americano Juvenil

15/07/2018 21:01

Medalhas vieram nas duplas masculinas, individual feminino e individual feminino

FOTO: Guilherme Teodoro foi bronze no individual e nas duplas. Crédito: ULTM

 

Santo Domingo (DOM), 15 de julho de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

No último dia de disputas do Campeonato Pan-Americano Juvenil, em Santo Domingo, na República Dominicana, o Brasil trouxe três medalhas de bronze. Neste domingo (15), Bruna Takahashi e Guilherme Teodoro conquistaram as medalhas pela terceira colocação na disputa individual e a parceria Eduardo Tomoike/Guilherme Teodoro ficou com o bronze de duplas masculinas.

No individual feminino, a briga era duríssima. Na semifinal, Bruna enfrentou a norte-americana Amy Wang (20ª colocada no ranking mundial sub-18), após uma campanha impecável na competição (não havia perdido um único set). Um jogo equilibradíssimo, onde Bruna esteve atrás no placar de sets em três oportunidades e buscou o empate. No último, melhor para a adversária, que venceu por 4 a 3 (9/11, 11/5, 9/11, 11/6, 2/11, 11/5 e 6/11).

Guilherme Teodoro também tinha um desafio complicado na semifinal do individual masculino. O adversário, Sharon Alguetti, dos Estados Unidos, é o 30° melhor do mundo no ranking sub-18. O brasileiro chegou a estar perdendo por 3 sets a 0, reagiu, mas acabou derrotado por 4 a 2 (7/11, 11/13, 2/11, 11/9, 11/8 e 9/11).

Teodoro já havia conquistado o bronze em duplas poucas horas antes, ao lado de Eduardo Tomoike. A parceria venceu Daniel Araya e Bryan Solis (CRC), nas oitavas de final, por 3 a 0 (11/7, 11/6 e 11/4). Nas quartas, os brasileiros bateram os canadenses Alexander Bu e Jeremy Hazin, também por 3 a 0 (12/10, 12/10 e 11/6). Na semifinal, derrota para os norte-americanos Nikhil Kumar e Nicholas Tio, por 3 a 2 (8/11, 11/6, 11/8, 3/11 e 2/11).

Outras duplas

No masculino, a dupla formada por Enzo Nakashima e Sérgio Bignardi foi eliminada nas oitavas de final, por Leandro Fuentes e Alexis Orencel (ARG), por 3 a 1 (8/11, 13/11, 5/11 e 10/12). No feminino, Tamyres Fukase e Fernanda Kodama também pararam nas oitavas, derrotadas por Ivy Liao e Isabelle Xiong (CAN), por 3 a 0 (5/11, 4/11 e 7/11). A dupla formada por Bruna Takahashi e Lívia Lima passou nas oitavas pelas paraguaias Leyla Gomez e Cielo Mutti, por 3 a 1 (5/11, 11/5, 11/5 e 11/4), mas caiu na fase seguinte para as norte-americanas Rachel Yang e Rachel Sung, por 3 a 2 (12/10, 6/11, 11/8, 5/11 e 12/14).

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa