Brasil garante três medalhas nos torneios de duplas do Sul-Americano Infantil e Juvenil

16/03/2019 21:53

Disputa de duplas mistas ainda pode trazer mais medalhas aos brasileiros. Desempenho na fase de grupos do individual é muito positivo

 

Santiago (CHI), 16 de março de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O terceiro dia de disputas do Sul-Americano Infantil e Juvenil em Santiago, no Chile, foi marcado pelo início das disputas de duplas e individual. E o Brasil já garantiu mais três medalhas, com duplas classificadas para as fases semifinais: Tamyres Fukase/Lívia Lima (juvenil feminino), Joon Shim/Henrique Noguti (infantil masculino) e Giulia Takahashi/Laura Watanabe (infantil feminino) vão brigar pelos títulos de suas categorias neste domingo (17/3). Além destas medalhas, o Brasil pode garantir mais pódios nas duplas mistas. Os torneios juvenil e infantil serão integralmente disputados no domingo.

Giulia Takahashi/Laura Watanabe confirmaram o favoritismo no infantil feminino ao superarem as chilenas Josefina Lara/Catalina Muñoz nas quartas de final. As peruanas Ana Aragón/Maria Maldonado são as adversárias da semifinal, no mesmo horário da disputa dos meninos. Fabiana Shintate/Karina Shiray perderam nas quartas para as equatorianas Maria Borja/Alisson Loor.

No infantil masculino, a parceria Joon Shim/Henrique Noguti superou os chilenos Santiago Funes/Josthyn Miranda nas quartas de final. Os adversários da semifinal serão os paraguaios Elias Apud/Axel Bertoldo, às 10h (horário de Brasília e Santiago). A outra dupla da categoria, Gustavo Gerstmann/Luigi Yamane foi batida nas quartas de final pelos peruanos Carlos Fernandez/Adrian Rubinos.

Tamires Fukase/Lívia Lima enfrentam as equatorianas Nathaly Paredes/Mylena Plaza, às 10h30, em busca de uma vaga na decisão. Nas quartas, elas eliminaram as argentinas Aldana Gonzalez/Valentina Parola. Na mesma fase, Amy Sekimoto/Laís Yuta caíram para as chilenas Valentina Rios/Jerusalen Flores.

A única categoria em que nenhuma dupla brasileira conseguiu classificação para as semifinais foi o juvenil masculino. Nas quartas de finais, os favoritos Guilherme Teodoro/Rafael Torino foram surpreendidos pelos peruanos Rodrigo Bejarano/John Loli, enquanto Lauro Sebold/Diogo Silva foram eliminados por outra dupla peruana, Adolfo Cucho/Felipe Dufoo.

Individual

O desempenho nos torneios individuais foi bem satisfatório na fase de grupos, que também começou neste sábado. Apenas dois dos 16 atletas brasileiros no torneio não conseguiram classificação para as fases eliminatórias.

No infantil feminino, Giulia Takahashi e Laura Watanabe passaram em primeiro lugar de seus grupos, com duas vitórias por 3 a 0. Fabiana Shintate também conseguiu classificação, em segundo de seu grupo. Entre os meninos, aproveitamento máximo. Gustavo Gerstmann, Henrique Noguti e Joon Shim passaram em primeiro lugar, com Luigi Yamane conseguindo a vaga em segundo.

Na categoria juvenil, Guilherme Teodoro, Rafael Torino, Tamires Fukase e Lívia Lima já estava pré-classificados. Em um grupo bem difícil e equilibrado, Lais Yuta passou na primeira colocação e também está classificada no feminino. Diogo Silva e Lauro Sebold também conquistaram suas vagas em primeiro lugar e seguem na briga pelo título masculino.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa