Brasil repete a dose no masculino e faz dobradinha no Campeonato Pan-Americano

23/11/2018 00:23

País foi absoluto na disputa por equipes, conquistando dois ouros contra os americanos e as vagas na Copa do Mundo por Equipes

FOTO: Thiago Monteiro (primeiro plano) e Humberto Manhani (fundo) conquistaram mais um ouro para o Brasil. Crédito: ULTM.

 

Santiago (CHI), 22 de novembro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

A Seleção masculina de tênis de mesa repetiu o que as meninas fizeram momentos antes e conquistou o título do Campeonato Pan-Americano, em Santiago, no Chile. Nesta quinta-feira (22), os rapazes derrotaram os Estados Unidos na decisão, por 3 a 0. Da mesma forma, a participação na final do torneio garantiu a vaga na Copa do Mundo por Equipes 2019, em Tóquio, no Japão.

E a equipe masculina, que começou a competição na terça-feira com derrota, foi absoluta no último dia. A vaga na Copa do Mundo foi garantida com um incontestável 3 a 0 contra o Paraguai, sem que os brasileiros perdessem um único set nas vitórias de Humberto Manhani/Thiago Monteiro sobre Alejandro Toranzos/Marcelo Aguirre (11/7, 11/9 e 12/10), de Eric Jouti contra Ítalo Ibañez (11/3, 11/8 e 13/11) e de Thiago Monteiro sobre Marcelo Aguirre (11/9, 13/11 e 11/6).

Na final, os americanos. Os mesmos que venceram logo na primeira rodada da fase de grupos. “A estreia do time, da forma como aconteceu, teve influência no desempenho final. A equipe jogou com um nível alto de concentração, principalmente a partir das quartas de final”, afirma o técnico Lincon Yasuda.

A equipe brasileira foi impecável na partida contra os Estados Unidos, para repetir o feito das meninas. A dupla Humberto Manhani/Thiago Monteiro abriu o confronto vencendo Nicholas Tio/Nikhil Kumar, por 3 a 2 (9/11, 13/11, 13/11, 9/11 e 11/5). Eric Jouti teve outro jogo bem difícil contra Kanak Jha e também venceu por 3 a 2 (8/11, 11/5, 11/9, 7/11 e 11/6). Thiago Monteiro foi o responsável por garantir mais um ouro na noite chilena, derrotando Nikhil Kumar, por 3 a 1 (11/13, 11/9, 12/10 e 11/3).

“Todos lutaram bravamente por cada vitória. Nossos adversários têm muito potencial, são sempre jogos complicados. Vencermos todos por 3 a 0 mostrou que esse time tem força e joga com o coração”, ressaltou Yasuda.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa