Bruna Takahashi fica perto de resultado surpreendente contra atleta de Hong Kong

29/04/2018 17:31

Seleção feminina já foca no duelo contra Luxemburgo, nesta segunda-feira

Crédito da Foto: ITTF.

 

Rio de Janeiro (RJ), 29 de abril de 2018.
Por: Assessoria de Imprensa - CBTM  

A Seleção Brasileira feminina já está focada no duelo contra Luxemburgo, nesta segunda-feira (30/4), pelo Mundial por Equipes. As meninas do Brasil precisam vencer este confronto para continuarem sonhando com uma das vagas do grupo D na segunda fase da competição. Neste domingo, a equipe foi derrotada duas vezes por 3 a 0, para Hong Kong e Alemanha.

Após o confronto da manhã contra as alemãs, a Seleção feminina parecia ter poucas pretensões contra Hong Kong, uma das cabeças de chave da competição. Mas não foi o que se viu na prática. Principalmente no primeiro jogo, em que Bruna Takahashi enfrentou a número 36 do mundo, Wai Yam Minnie Soo.

Uma Bruna totalmente concentrada, vibrante e encaixada na mesa deu muito trabalho. Venceu o primeiro set, com certa facilidade, por 11 a 4. No único momento ruim na partida, foi batida no segundo set, por 3 a 11. Venceu novamente no terceiro set, perdeu o quarto e foi para o set decisivo, em que acabou perdendo por detalhes (11/4, 3/11, 11/7, 6/11 e 9/11).

Caroline Kumahara estreou na competição (ela não jogou pela manhã) contra a fortíssima Hoi Kem Doo, número 17 do mundo. Pareceu sentir um pouco a falta de ritmo e acabou sendo derrotada por 3 a 0 (3/11, 7/11 e 5/11).

No terceiro jogo, Jéssica Yamada teve o primeiro set nas mãos contra Ho Ching Lee, 16ª colocada no ranking mundial. Estava vencendo por 6 a 2, mas se desconcentrou totalmente e permitiu a virada por 11 a 6. Mais experiente, a adversária controlou a partida no segundo e terceiro sets, vencendo o jogo e o confronto (6/11, 6/11 e 6/11).

“Foram dois confrontos difíceis. A Bruna teve boas chances de chegar a uma vitória, perdendo em detalhes. Está sendo muito bom para ela enfrentar as melhores do mundo. Carol, Lin e Jéssica lutaram bastante também. Para um primeiro dia, foi bom. Vamos entrar focados contra Luxemburgo, que é o principal objetivo a partir de agora”, analisou o técnico Hugo Hoyama.


A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa