CBTM é eleita a segunda melhor confederação em práticas de governança pela Sou do Esporte

22/11/2018 03:13

Tênis de mesa ficou atrás apenas da vela no Prêmio que destaca as ações de governança das confederações esportivas

FOTO: Geraldo Campestrini (esq.), CEO da CBTM, recebe o Prêmio Sou do Esporte 2018 das mãos do vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Marco La Porta (dir.).

 

Rio de Janeiro (RJ), 22 de novembro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) foi premiada, nesta quarta-feira (21), no Rio de Janeiro (RJ), como a segunda melhor confederação esportiva em práticas de governança pela Sou do Esporte. Depois de ter sido indicada pela quarta vez consecutiva entre as cinco melhores do nosso esporte neste quesito, desta vez a CBTM obteve sua melhor colocação no ranking, perdendo apenas para a Confederação Brasileira de Vela.

Uma prata conquistada através de cumprimento rígido de regras de gestão e governança. Nos últimos anos, a CBTM tem buscado a excelência em sua administração. Em 2015, ficou em quinto lugar no ranking. Nos dois anos seguintes, obteve a terceira colocação.

O CEO da CBTM, Geraldo Campestrini, representou o presidente Alaor Azevedo, que está em viagem ao exterior. Ele fez questão de ressaltar a importância do prêmio para o esporte brasileiro.

“É muito importante, pois estamos motivando cada vez mais os dirigentes do esporte brasileiro a adotarem as melhores práticas, não de forma punitiva, como é o caso de uma legislação, mas de forma positiva. Nós, da CBTM, estamos muito felizes com este reconhecimento e prometemos nos empenhar ainda mais para evoluirmos em 2019”, explicou.

A Sou do Esporte é uma associação sem fins lucrativos que atua como rede de relacionamento entre atletas, entidades esportivas, poder público e setor privado. Entre seus principais valores estão a ética, a transparência, o trabalho em equipe e a responsabilidade com si próprio e terceiros. Este é o único prêmio da América Latina de governança de entidades esportivas.

A cerimônia de entrega, que foi apresentada pelo ex-capitão da Seleção Brasileira de Vôlei, Carlão, contou com a presença do governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e também com diversos dirigentes e figuras emblemáticas do esporte. Um dos momentos de maior destaque foi a homenagem recebida pela lutadora de MMA Priscila ‘Pedrita’ Cachoeira, que falou sobre sua luta contra as drogas e a importância do esporte neste processo. A atleta paralímpica Verônica Hipólito, que superou diversos problemas de saúde para seguir competindo, também arrancou aplausos entusiasmados dos presentes.

A Sou do Esporte também homenageou Yane Marques (pentatlo moderno), por sua trajetória; a ex-tenista Maria Esther Bueno (que faleceu em 8 de junho de 2018 e recebeu uma homenagem especial); o gestor do ano, Sérgio Barbosa Domenici (CEO da Liga Nacional de Basquete); o professor de Educação Física Fagner José Passos, de Monte Belo (MG), na categoria Atitude Positiva; e os projetos Fundetennis e Tênis na Lagoa, na categoria Sou do Esporte Solidário.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa