CBTM disponibiliza novo canal de ouvidoria independente, buscando maior transparência no trato com denúncias

19/05/2019 21:35

Canal Resguarda passa a cuidar da ouvidoria da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa. Link pode ser encontrado no site oficial

 

Rio de Janeiro (RJ), 19 de maio de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) lançou neste mês o seu novo canal de ouvidoria. A partir de agora, o canal é administrado de forma totalmente independente, através da empresa Resguarda. O link pode ser encontrado no site oficial da entidade ou através do endereço dedicado pela própria empresa: https://www.resguarda.com/CBTM/br_pt.html.

Manter um canal independente de ouvidoria é uma das exigências da portaria 115, do Ministério da Cidadania, que visa maior transparência das entidades de administração do desporto. Atualmente, a CBTM é considerada a segunda melhor do país em termos de governança, de acordo com a Sou do Esporte.

“Esta é mais uma ação no sentido de buscarmos maior transparência no trato com atletas, dirigentes, profissionais e com o próprio mercado do tênis de mesa. Esperamos, desta forma, termos ferramentas para uma melhor gestão da modalidade”, explica o CEO da entidade, Geraldo Campestrini.

A Resguarda é uma das empresas mais conceituadas no mercado latino-americano, atendendo a centenas de empresas em diversos países. Atualmente, conta com escritórios em São Paulo, em Buenos Aires (ARG) e na Cidade do México.

Qualquer denúncia envolvendo maus-tratos, assédio, fraudes, corrupção ou descumprimento de direitos trabalhistas pode ser feita através do canal. O caso é tratado de forma anônima, com as informações pessoais totalmente protegidas. Um comitê de ética é formado e analisa cada uma das demandas, buscando as melhores soluções. Os procedimentos para denúncias também estão detalhados no site oficial da CBTM, no seguinte link: http://cbtm.org.br/SharedFiles/Download.aspx?pageid=1667&mid=714&fileid=9847

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa