CBTM firma parceria com Pão de Açúcar para utilizar Centro de Alto Rendimento

27/02/2013 18:29

A CBTM está em busca de um local capaz de receber um moderno Centro de Treinamento Olímpico. A Gerente Geral de Operações e Relações Externas, Walquíria Lima e San-Thiago, a Lider de Seleções Paula Emerenciano e a Coordenadora Administrativa Silmara Gama foram recebidas pelo Secretário de Esportes de São Caetano do Sul, mas antes tiveram outro importante compromisso em São Paulo.

Acompanhadas pelo Coordenador Técnico de Seleções, Lincon Yasuda, as três visitaram as instalações do time de futebol do Audax, onde também fica o Centro de Alto Rendimento (CAR) do grupo Pão de Açúcar, no bairro Real Parque, Morumbi, que oferece sessões exclusivas de treinamentos que apresentam retorno em tempo real, potencializando ao máximo o desempenho dos atletas de alto nível.

--- Eles fazem um belíssimo trabalho, com finalidade científica, mas com uma moderna forma de feedback junto aos técnicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, etc. As avaliações físicas são desenvolvidas com diversas modalidades, com foco no movimento, precisão, agilidade e força --- destacou Walquiria, lembrando que o objetivo da avaliação é elevar o nível de capacidade do atleta.

--- È feita a avaliação com os testes físicos definidos e a equipe do Dr. Irineu Loturco, que é mestre e doutor pela USP e dirige esse centro nacional de excelência em alto rendimento, faz esse trabalho de melhoria contínua junto ao atleta de acordo com o plano de cada confederação. Selamos nossa parceria com previsão de início dos trabalhos já para o mês de março --- completou Walquiria.

O Centro de Treinamento Audax, situado no bairro Real Parque, Morumbi, em São Paulo, possui mais de 50 mil m² e conta com quatro campos de futebol com medidas oficiais, arquibancada, campo de futebol society, alojamentos, departamentos de fisiologia, fisioterapia, departamento médico, salas de estudo e recreação, piscina aquecida, auditório e rouparia.

Os atletas que integram as equipes de futebol têm assistência médica e odontológica, seguro de vida, aulas de inglês, ajuda de custo para aqueles que não são profissionais, vale-transporte para aqueles que não residem no centro de treinamento. Os garotos que moram no centro de treinamento são matriculados em escolas públicas próximo ao CT e dispõem de vans para levá-los e buscá-los nas escolas.