CBTM recebe representantes de cidade japonesa que visa receber brasileiros em 2020

07/02/2017 15:17

Líderes das delegações olímpica e paralímpica se reuniram com comissão de Hamamatsu

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 07/02/2017

Os Jogos Olímpicos de Tóquio vão acontecer em 2020, mas a preparação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) já começou. Dirigentes da instituição receberam representantes de Hamamatsu, cidade japonesa que deseja receber a delegação verde e amarela no período de aclimatação para a maior competição esportiva do mundo. A reunião foi a continuação de um contato que já havia sido realizado em abril do ano passado, quando foi feita uma apresentação ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) para estreitar os laços e abrir as portas da localidade aos atletas brasileiros.

Estiveram na sede da CBTM, Seiko Terada, diretora geral de Promoção Cultural de Hamamatsu; Tetsuya Kaneko, diretor de Promoção da Comissão Desportiva da cidade; e Etsuo Ishikawa, embaixador honorário da localidade. Eles foram recebidos por Paula Emerenciano, líder de Seleções Olímpicas, e Victor Lee, líder de Seleções Paralímpicas.
 
No encontro, foram discutidas pautas como opções de hospedagem, transporte, logística, locais para treino, entre outros detalhes. Foi oferecido à CBTM um espaço para treinamento dentro da Hamamatsu Arena, local que já recebeu grandes eventos esportivos nos últimos anos, como o Campeonato Mundial, Copa do Mundo e Liga Mundial de Vôlei, além do Mundial de Basquete.
 
“Esta disposição dos representantes da cidade de Hamamatsu de vir ao Brasil para conversar diretamente com cada modalidade (já conversou também com judô e vôlei), com tamanha antecedência, e trazendo um intérprete, faz com que fiquemos bastante interessados em, realmente, fazer lá nossa aclimatação. A organização dos japoneses e a disposição em mostrar um serviço de excelência já nos cativaram, mesmo faltando ainda mais de 1200 dias para os Jogos”, comentou Victor Lee.
 
Além da estrutura oferecida, Hamamatsu tem uma peculiaridade que pode ajudar ainda mais os atletas brasileiros. Hamamatsu é conhecida por ser a cidade japonesa com maior proporção de brasileiros entre os habitantes - a cada 100, dois são brasileiros. E, justamente por conta desta identificação com o país, que o local, por enquanto, ofereceu espaço apenas à delegação verde e amarela.
 
"Devido à convivência com essa grande colônia brasileira que reside em Hamamatsu, nota-se que eles já estão ambientados com a nossa cultura, nossa culinária e nosso jeito caloroso de ser! Ainda há muitos passos a serem feitos para as decisões serem tomadas, mas a proposta é muito interessante. Eles possuem uma ótima infraestrutura e uma logística bem adaptável às necessidades do Brasil", afirmou Paula Emerenciano.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br