Comissão organizadora do Intercolonial mantém tradição após gerações

18/01/2013 20:21

Como tradicionalmente acontece, a comissão organizadora do Campeonato Brasileiro Intercolonial de Tênis de Mesa produziu uma revista com todas as informações sobre a competição, que começou nessa sexta-feira no município de Registro, no Vale do Ribeira, em São Paulo.

Desde 1951 esse tradicional evento da colônia japonesa já passou por várias fases e gerações. No momento, também passa por uma transição natural, com Sergio Ueda substituindo dona Minako e o colaborador da região Sudoeste, Fabio Shiray no lugar de Morita, que pediu uma breve licença.

--- Somos muito gratos a dona Minako e Morita-san pelo apoio total no trabalho da nova diretoria e pelo trabalho voluntário de anos para o bem do Tênis de Mesa no país. Credibilidade indiscutível de ambos, que deram um perfil e uma diretriz em nosso trabalho --- destacou a mensagem da comissão organizadora.

Ambos continuam como conselheiros da equipe e sempre contribuirão para a melhoria da competição, que marca o centenário da colonização japonesa na região tem como função valorizar e homenagear a comunidade no Brasil.

A competição contará com a participação de quase 800 atletas, desde a categoria Pré-Pré-Mirim ao Hiper-Veterano. Nessa sexta-feira o dia começou com as disputas das categorias Pré-Pré Mirim, Pré-Mirim, Mirim, Infantil, Juvenil e o Torneio de Equipes.

A cerimônia oficial de abertura será na manhã desse sábado, às 08 horas. Mais tarde, às 20 horas, haverá um jantar de confraternização.

A comissão organizadora é formada por Marcos Yamada, Sergio Ueda, Fabio Shiray, Aide Kudo, Sueli Morita, Cid Furuyama, Alessandro Shirahigue e Carlos Makiuchi.