Comitê Executivo da CBTM se reúne para discutir novos modelos de organização e incentivo às Federações estaduais

20/06/2019 10:14

Reunião contou com a presença do CEO e do Gerente Técnico da CBTM, além dos membros do Comitê

 

Rio de Janeiro (RJ), 20 de junho de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

Na tarde da última terça-feira (18) e na manhã de quarta (19), o Comitê Executivo da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) se reuniu na sede da entidade, no Rio de Janeiro (RJ), para discutir os novos passos da modalidade no Brasil.  Mudanças na organização de eventos para 2020 e o maior incentivo às federações estaduais estiveram em pauta.

O presidente da CBTM, Alaor Azevedo, o vice-presidente, Vilmar Schindler, o Secretário Geral, Pablo Ribeiro, além do CEO, Geraldo Campestrini, e do Gerente Técnico, Edimilson Pinheiro, estiveram presentes na reunião.

Em pauta, estavam três assuntos que devem impactar significativamente o modelo de desenvolvimento esportivo do tênis de mesa brasileiro. O primeiro abordou a questão do "Modelo de Organização e Eventos Oficiais", em que se debateu, dentre outros pontos, a definição de critérios de nível técnico de competições, a ampliação e o incentivo à participação das federações no sistema, a evolução contínua do CBTM Web para atender as necessidades regionais e Estaduais e a integração das ligas regionais ao sistema oficial. Este projeto deverá ser apreciado pela Comissão de Atletas antes de se tornar público e colocado em prática.

O segundo tópico abordou a questão dos Polos de Desenvolvimento Regional, um novo projeto que terá início a partir do segundo semestre de 2019, com o foco de ampliar os programas de detecção e desenvolvimento de talentos. Neste escopo, foi debatido a elaboração de um cronograma de implementação, juntamente com a agilidade para a redistribuição de materiais e a cobrança de contrapartidas das federações signatárias.

Por fim, foi discutida a formatação da regulamentação em relação ao PAF (Programa de Apoio às Federações), para que o mesmo seja efetivo em prol das Federações que atendem os critérios estabelecidos pelo programa.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
                                                         

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa