Coordenador Técnico Lincon Yasuda analisa participação da equipe feminina

02/04/2012 16:15

A campanha da Seleção Brasileira feminina de Tênis de Mesa no Torneio de Equipes do Campeonato Mundial, que aconteceu na cidade de Dortmund, na Alemanha, não chegou a ser brilhante, mas pelo menos serviu para as atletas adquirirem mais experiência e o fato de o país ter conseguido se manter na Segunda Divisão é motivo de comemoração.

Veja abaixo a análise feita pelo Coordenador Técnico de Seleções Lincon Yasuda:

“O time feminino teve uma participação razoável nesse Campeonato Mundial. Se por um lado ficamos longe de tentar lutar por um lugar na primeira divisão, por outro foi importante nos qualificar entre os 12 melhores times do torneio, garantindo nossa permanência na 2ª divisão para 2014.

É importante destacar que se trata de uma equipe jovem, com duas estreantes em mundiais, e a falta de experiência do time pesou um pouco em alguns momentos, principalmente quando tivemos possibilidades de vencer sets ou partidas importantes como contra Portugal, Luxemburgo ou Índia.

Emocionalmente também não atuamos em nosso melhor nível. As meninas já tiveram desempenho superior em outras oportunidades, mostrando melhor concentração, manutenção de foco e gestos mais positivos. Porém é importante lembrar que acabamos de sair de um Pré-Olímpico, um torneio muito desgastante e que exigiu o máximo de nossas energias. Para esse Mundial o tempo de recuperação foi muito curto, e com isso não foi possível atingirmos o melhor nível em nossa preparação.

Porém, até 2014 esse grupo vai se fortalecer, ainda com mais experiência de jogo, principalmente, as mais jovens, o que com certeza fará uma equipe mais forte para tentar o acesso no próximo Mundial daqui a dois anos”.