Coordenador Técnico Lincon Yasuda analisa participação dos brasileiros no Peru

18/06/2013 14:47

O Tênis de Mesa brasileiro mostrou mais uma vez a sua força e conquistou os quatro títulos em disputa no Torneio de Equipes do Campeonato Latino-Americano Juvenil e Infantil, que acontece em Lima, no Peru. A superioridade é notável e todas as decisões foram vencidas por 3 a 0.

--- Uma coisa é vencer por 3 a 1 ou 3 a 2, dependendo de algum jogador fora de série que garanta seus dois pontos. Outra coisa é ter todos os atletas escalados entrando e vencendo os seus jogos sem depender de um ou outro jogador. Outra curiosidade foi o fato da Argentina nos enfrentar nas duas finais masculinas e Porto Rico nas duas finais femininas --- avaliou o Coordenador Técnico de Seleções Lincon Yasuda.

Juvenil Feminino

Nossa equipe feminina contou com a força de Caroline Kumahara. Carol vem tendo um ótimo ano, com vitórias sobre atletas Top 100 do Ranking Mundial. Nem por isso, esse Latino deixa de ser um desafio a ela. Não é fácil jogar com a pressão de não perder, tendo as adversárias jogando soltas esperando por uma chance para vencê-la. Até agora Carol vem desempenhando bem seu papel, liderando a equipe até esse título.

Bruna Alexandre, como segunda jogadora mostrou evolução, principalmente, na parte tática. Bruna foi capaz de jogar mais agressiva, e seguir determinadas estratégias, e obteve importantes vitórias sobre as porto-riquenhas Melanie Diaz e Daniel Rios.

Karina Hayama e Lais Toma completaram o time, quando requisitadas jogaram com muita competência não oferecendo oportunidades às adversárias.

Juvenil Masculino

Na final, o destaque foi a vitória de Massao Kohatsu sobre Fermín Tenti, da Argentina. Uma bela perfomance sobre um dos principais adversários dos brasileiros nesse campeonato. A equipe dessa vez foi liderada por Vitor Ishiy, já que Hugo Calderano está disputando o GJC do Egito. Apesar do importante desfalque, o time juvenil foi muito consistente e não ofereceu oportunidades para surpresas. Isaac Zauli e Luan Oliveira também jogaram e quando acionados, deram muito bem conta do recado, fechando os confrontos com belas vitórias.

Infantil Feminino

Nessa categoria, mais uma vez o Brasil mostrou-se muito bem equilibrado, com igual divisão de méritos para todas as quatro jogadoras: Bruna Takahashi liderou o time, que teve ainda Leticia Nakada, Alexia Nakashima e Martina Kohatsu.

Na final, tivemos uma bela vitória de Leticia Nakada sobre Adriana Diaz, jovem portoriquenha, pertecente ao Hopes Team da ITTF. Ela historicamente vem sendo a principal adversária de nossas meninas. Mas, dessa vez, Leticia se mostrou bem preparada e com atuação convincente obteve esse importante triunfo.

Infantil Masculino

Esse time evoluiu bem desde o ano passado. Nosso principal nome, Gustavo Yokota foi muito constante em todos os seus jogos, e liderou o time com importantes vitórias sobre seus adversários. Vitor Bibiano em seu primeiro ano de infantil mostra que vem evoluindo a cada campeonato, e à medida que vai adquirindo experiência, mostra-se mais confiante para vencer os seus jogos.

Lucas Prandi foi a novidade do time. Após temporada na Ilha da Madeira, em Portugal, Lucas retornou ao Brasil, e se juntou ao time em mais essa conquista. Começou o campeonato titubeante, mas, nas partidas semifinal e final, entrou muito concentrado o tempo todo e mostrou um nivel melhor de jogo. Também saiu invicto da competição por equipes.