Copa Brasil chega ao fim com o São Caetano conquistando o Troféu Eficiência

25/08/2013 16:22

Depois de quase cinco anos, a cidade de Vitória voltou a ser palco de uma etapa do Circuito Copa Brasil de Tênis de Mesa. O evento foi considerado um sucesso por todos os envolvidos, que não pouparam elogios durante os quatro dias. Isso só foi possível graças a um trabalho em equipe que muitas vezes não é notado pela maioria.

É preciso destacar também o apoio do Presidente da Federação Espírito Santense de Tênis de Mesa, Marco Aurélio Mancini, além da ajuda indispensável da Secretaria de Esporte do Estado do Espírito Santo, através do Secretário Vandinho Leite e sua equipe, além da Secretaria de Esportes de Vitória, por intermédio do Secretário Walace Valente.

No total, foram 374 inscritos, de 16 estados, representando 74 clubes nas competições Olímpicas de Ranking e Rating. No evento Paralímpico, que é dividido por Classes, mais 131 jogadores, de 36 clubes, números que com certeza movimentam a economia de qualquer cidade.

A estrutura foi montada com a eficiência de sempre, com uma boa área de jogo e espaço adequado. A programação foi seguida a risca, com os horários respeitados sem atraso e os resultados divulgados em tempo real.

O Troféu Eficiência Olímpico ficou com o São Caetano/Seest/Xiom – SP, clube de Kátia Kawai, o principal destaque da competição, campeã do Rating A e Absoluto A. Em segundo lugar terminou o Santa Cecília/Lstm/Saldanha da Gama-SP, seguido pela APTM Joaçaba-SC.

No Paralímpico, mais uma vez o Clube de Tênis de Mesa de Jacareí-SP, que conta com atletas como Carlo Michell, Edimilson Pinheiro e Guilherme Ifanger, entre outros, levou a melhor. Em segundo lugar ficou a ADFEGO Goiás e em terceiro a ADIPPNE São Paulo.

Todos os atletas, técnicos e profissionais envolvidos na organização da última etapa do Circuito Copa Brasil da temporada agora retornam para suas casas com a certeza do dever cumprido. Que venha o Campeonato Brasileiro, que tem tudo para ser o maior da história, com expectativa de mais de mil inscritos.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Clique aqui e veja o álbum de fotos!