Copa Brasil Sul-Sudeste, em Maringá, mostra que o tênis de mesa brasileiro tem força para continuar brilhando por muitos anos

07/08/2019 11:21

Enquanto os craques da Seleção brilham em Lima, garotada trabalha duro para fazer bonito no futuro; Atletas do Parapan usam torneio como preparação

FOTO: Carlos Carbinatti é um dos paralímpicos que se preparam para os Jogos de Lima. Crédito: Daniel Zappe.

 

Maringá (PR), 07 de agosto de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

Se os craques brasileiros do tênis de mesa seguem brilhando em Lima, nos Jogos Pan-Americanos, no Brasil há muita gente querendo um lugar no Olimpo. Nesta quinta-feira (8), começa a Copa Brasil Sul-Sudeste, em Maringá (PR), onde atletas que poderão estar no alto dos futuros pódios pan-americanos vão poder mostrar suas qualidades. A competição terá seu encerramento no domingo.

Ao todo, o evento conta com mais de 500 inscrições e representação de mais de cem clubes. Muitos atletas que brigam por lugares nas Seleções de base estarão buscando o título do torneio nos ginásios Chico Neto e Valdir Pinheiro, localizados na Vila Olímpica de Maringá. A cidade vem se preparando de forma intensa para receber os mesa-tenistas de todo o Brasil. Tradicional no cenário, a Cidade-Canção é considerada uma das mais limpas e arborizadas do país e já recebeu edições da Copa Brasil e do Brasileiro Intercolonial.

Enquanto alguns buscam evoluir no esporte, outros enxergam a Copa Brasil como grande possibilidade de preparação para competições internacionais. É o caso dos atletas paralímpicos. Muitos dos 30 confirmados na Seleção para os Jogos, que começam no dia 23, vão estar presentes.

De Maringá, os membros da equipe seguirão diretamente para o Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), onde finalizam a preparação para o Parapan 2019. O técnico da Seleção, Paulo Molitor, considera o torneio como fundamental para o desempenho em Lima.

“Sempre é importante disputar uma competição como preparação para uma outra mais forte. Coincidiu de ter uma Copa Brasil, um torneio com nível nacional. É de suma importância para os atletas fazerem os últimos ajustes, de verem como está a preparação. Após o torneio, ainda teremos uma semana para acertar detalhes, onde vamos conversar sobre o que fizeram na Copa, o que deixaram de fazer, coisas mais pontuais. Para eles, foi muito válido mesmo”, disse o técnico.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa