Copa Pan-Americana começa nesta sexta-feira, com brasileiros buscando hegemonia e vagas na Copa do Mundo

31/01/2019 15:24

Em 2018, final masculina foi brasileira. O campeão e o vice de cada gênero estarão classificados para a Copa do Mundo, na China

FOTO: Pódio brasileiro na última Copa Pan-Americana, com Calderano campeão e Tsuboi vice. Crédito: ULTM.

 

Guaynabo (PUR), 31 de janeiro de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

Vale a hegemonia nas Américas e ainda vale a classificação para a Copa do Mundo. A Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa é o desafio da vez e começa nesta sexta-feira (1), na cidade de Guaynabo, em Porto Rico. O Brasil terá quatro atletas na disputa: Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Bruna Takahashi e Lin Gui.

A primeira a estrear no Coliseo Mario Quijote Morales, local do torneio, é Lin Gui, única brasileira que participa da fase de classificação. As adversárias ainda não estão definidas. Os demais já iniciam nas quartas de final, no sábado. Para garantir vaga na Copa do Mundo, em novembro, na China, é preciso conquistar um posto na decisão da Copa Pan-Americana.

No ano passado, os meninos brasileiros cumpriram essa missão e disputaram a final. Hugo Calderano venceu Gustavo Tsuboi na decisão em Assunção (PAR), com ambos se classificando para a Copa do Mundo, que foi disputada em Paris (FRA). Entre as mulheres, Bruna Takahashi ficou bem perto da vaga, caindo na semifinal.

“Sempre é difícil manter a hegemonia no continente, mas vamos preparados para fazer nosso melhor. Sei que sempre existe grande expectativa, pois temos jogadores de alto nível. Mas temos de dar um passo de cada vez para chegarmos ao objetivo”, explica Francisco Arado, o Paco, um dos técnicos brasileiros, que está de volta aos torneios internacionais após superar alguns problemas de saúde.

“Estou com muita energia para voltar e conseguir coisas especiais para nossa Seleção e para o Brasil”, avisa.

Logicamente, os brasileiros são alvos a serem batidos, principalmente no torneio masculino. Calderano é o sexto do ranking mundial, há três meses nesta posição. Tsuboi voltou a atravessar grande momento na carreira, estando atualmente em 39º na lista (sua melhor colocação histórica foi um 33º lugar, em 2014).

“Acho que Hugo tem mostrado que está entre os melhores jogadores do mundo e o Tsuboi está encarando e vencendo jogadores de alto nível internacional, tanto nos Abertos como na Liga Alemã. Então, temos jogadores de alto nível para encarar os desafios do torneio”, analisa Paco.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa