Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa terá final brasileira neste domingo

16/06/2018 22:13

Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi se garantem na Copa do Mundo. Bruna Takahashi busca o bronze no feminino

FOTO: Hugo Calderano (esq) e Gustavo Tsuboi (dir) brincam após garantirem vaga na decisão. Crédito: Time Calderano.

 

Rio de Janeiro (RJ), 16 de junho de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

A Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa terá uma final brasileira no masculino. Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi se enfrentam na decisão, neste domingo (17/6), às 21h30 (de Brasília), em Assunção, no Paraguai, e já garantiram a vaga na Copa do Mundo Masculina, que acontece em Paris, no mês de outubro. Bruna Takahashi busca a medalha de bronze na competição feminina, às 19h, contra a mexicana Yadira Silva.

Calderano não deu muitas chances para os adversários neste sábado. Nas quartas de final, ele bateu o chileno Gustavo Gomez, por 4 a 0 (13/11, 14/12, 11/8 e 11/5). Nos dois primeiros sets, o adversário fez jogo duro, levando o confronto empatado até 10 a 10. Nas parciais seguintes, o brasileiro se encontrou na mesa. Na semifinal, outra vitória por 4 a 0, desta vez sobre o paraguaio Marcelo Aguirre (11/6, 11/4, 11/2 e 11/9).

Já Tsuboi quase se complicou nas quartas, diante do equatoriano Alberto Miño. Chegou a estar perdendo por 3 a 0, mas reagiu, passou a variar os saques e arriscar bastante. Com isso, o brasileiro passou a ter o controle do jogo e virou para 4 a 3 (9/11, 8/11, 8/11, 11/6, 11/7, 11/7 e 11/6). Na semifinal, Tsuboi foi absoluto e venceu o americano Kanak Jha, por 4 a 0 (11/4, 11/8, 11/8 e 11/4).

No feminino, Bruna Takahashi venceu com tranquilidade a argentina Camila Arguelles, nas quartas de final, por 4 a 1 (11/5, 11/6, 9/11, 11/5 e 11/1). Na semifinal, não conseguiu encaixar o jogo contra a canadense Zhang Mo. Sempre começando perdendo as parciais, a brasileira tentou reagir, mas acabou derrotada por 4 a 0 (8/11, 9/11, 4/11 e 9/11). Por sua vez, Caroline Kumahara foi eliminada nas quartas de final, por Yue Wu (EUA), pelo placar de 4 a 1 (6/11, 12/10, 8/11, 6/11 e 6/11).

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa