Delegação paralímpica do Brasil segue para torneios na Europa

29/04/2018 18:14

Mesa-tenistas estão confiantes para Abertos da Eslováquia e Eslovênia

Seleção paralímpica antes do embarque, neste domingo. Crédito da Foto: CBTM.

 

Rio de Janeiro (RJ), 29 de abril de 2018.
Por: Assessoria de Imprensa - CBTM  

A Seleção Brasileira paralímpica de tênis de mesa seguiu neste domingo (29) para a Europa, onde tem dois compromissos importantes: os Abertos da Eslováquia (de 3 a 6 de maio) e da Eslovênia (de 9 a 12 do mesmo mês). Na Eslovênia também será disputado o Campeonato Mundial Paralímpico, em outubro.

Nas malas e bagagens da delegação, muitos sonhos e esperanças. Integram a Seleção oito atletas: Iranildo Espíndola e Guilherme Costa (classe 2), Israel Stroh e Paulo Salmin (classe 7) e Diego Moreira, Jennyfer Parinos e Danielle Rauen (classe 9) e Bruna Alexandre (classe 10). Além destes, Cátia Oliveira (classe 2) e Lucas Carvalho (classe 9), também seguiram para a Europa. Os técnicos da Seleção são Raphael Moreira e Paulo Molitor.

O paratleta Israel Stroh entra na disputa dos Abertos com a medalha de prata na Olimpíada do Rio de Janeiro como a maior conquista. Ele reconhece o feito como importante, mas quer mais:

“A medalha em 2016 abriu meus horizontes. Mexeu com a minha confiança e na maneira como vejo este ciclo. Tenho alguns objetivos na minha carreira. Mas prefiro guardar internamente, trabalhar ao máximo e sem alarde para merecer grandes conquistas”, ressalta.

Stroh, atualmente nono colocado no ranking mundial paralímpico na classe 7, já conhece os principais adversários nas duas competições. Ele comenta que a disputa pelo ranking é algo rotineiro e precisa ser visto com naturalidade:

“Os ucranianos estarão presentes nas duas competições e são os mais fortes, sem dúvida. Mas temos muitos oponentes bons, principalmente na segunda competição, na Eslovênia. Em se tratando de ranking, variações para cima ou para baixo são previsíveis e essa é uma das graças do nosso esporte”, esclarece.

Além de paratleta, Stroh faz sua segunda graduação em Direito, em Santos, onde mora. Bom-humor é o seu forte. Se diz feliz com seu atual momento e responsabilidades. Quase não tem tempo, mas quando surge uma folguinha aproveita:

“Nessas horas, gosto de encontrar meus amigos, conhecer gente nova...rir e fazer rir, basicamente”.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa