Dez atletas paralímpicos brasileiros sobem no ranking mundial e país tem sete no Top 10

04/04/2019 10:54

Desempenho nos Abertos da Itália e da Espanha são decisivos para melhoria na lista. Ao todo, 14 atletas figuram nas 20 primeiras posições de suas classes

FOTO: Israel Stroh, nono colocado da classe 7. Crédito: Roberto Castro/rededoesporte.gov.br.

 

Rio de Janeiro (RJ), 04 de abril de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O tênis de mesa paralímpico do Brasil também teve resultados significativos no ranking mundial, a exemplo do que acontece com os olímpicos. Na lista de abril, divulgada pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), dez brasileiros apresentaram melhoria na pontuação. O país tem sete Top 10 e 14 atletas figurando nas 20 primeiras posições de suas classes.

O ótimo desempenho nos Abertos da Itália e da Espanha, no último mês, contaram decisivamente para este desempenho. Aloísio Lima, Guilherme Costa, Welder Knaf, Israel Stroh, Paulo Salmin, Marliane Santos, Aline Ferreira, Lethicia Lacerda, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos participaram dos dois eventos e somaram pontos importantes.

Outros atletas seguem com ótima pontuação e figuram no Top 10 de suas classes, mesmo sem terem alterações na pontuação deste mês. São os casos de Cátia Oliveira, Joyce Oliveira e Bruna Alexandre. Cátia e Bruna são as únicas no Top 5. No novo ranking, Danielle Rauen, Jennyfer Parinos, Israel Stroh e Welder Knaf também figuram nas dez primeiras colocações de suas classes.

”Se já é difícil se manter no Top 10, subir duas posições e ir para 8° é um ótimo resultado. Significa que estamos no caminho certo. Para subir no ranking, obrigatoriamente você não pode perder para gente que está abaixo. E quanto mais você sobe, cada vez fica mais difícil se manter. Eu joguei com o número 3 e o 4 do mundo. Perdi esses dois jogos, mas cheguei a ganhar set e acho plenamente possível ganhar de ambos. Só o fato de jogar com eles e saber que não está longe de ganhar, já é uma motivação e tanto, pois o jogo é decidido nos detalhes”, explica Welder Knaf, um dos Top 10 brasileiros.

Confira a posição de todos os brasileiros ranqueados: 

 

CLASSE 1 MASCULINO

Aloísio Lima (18° lugar)

 

CLASSE 2 FEMININO

Cátia Oliveira (5° lugar)

 

CLASSE 2 MASCULINO

Guilherme Costa (11° lugar)

Iranildo Espíndola (20° lugar)

 

CLASSE 3 FEMININO

Thais Severo (21° lugar)

Marliane Santos (24° lugar)

 

CLASSE 3 MASCULINO

Welder Knaf (8° lugar)

David Freitas (34° lugar)

Jean Carlos Padilha (68° lugar)

 

CLASSE 4 FEMININO

Joyce Oliveira (8° lugar)

 

CLASSE 4 MASCULINO

Alexandre Ank (39° lugar)

Ecildo Lopes (48° lugar)

 

CLASSE 7 FEMININO

Millena França (13° lugar)

Aline Ferreira (17° lugar)

 

CLASSE 7 MASCULINO

Israel Stroh (9° lugar)

Paulo Salmin (12° lugar)

 

CLASSE 8 FEMININO

Elem da Silva (21° lugar)

Lethicia Lacerda (24° lugar)

 

CLASSE 8 MASCULINO

Luiz Filipe Manara (37° lugar)

Tiziano Zabarino (39° lugar)

Wellington de Melo (51° lugar)

Alexon Piccolin (86° lugar)

 

CLASSE 9 FEMININO

Danielle Rauen (6° lugar)

Jennyfer Parinos (8° lugar)

 

CLASSE 9 MASCULINO

Lucas Carvalho (36° lugar)

Flávio Seixas (43° lugar)

Luis Costa Ribeiro (50° lugar)

 

CLASSE 10 FEMININO

Bruna Alexandre (2° lugar)

 

CLASSE 10 MASCULINO

Claudio Massad (18° lugar)

Carlos Carbinatti (22° lugar)

Diego Moreira (25° lugar)

Basílio de Oliveira (52° lugar)

Alexandre Alfon (54° lugar)

 

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa