Etapa do Diamantes Paralímpicos do Futuro começa nesta quinta-feira, em São Paulo

03/04/2019 18:28

Etapa se estende até a próxima segunda, no Centro Paralímpico Brasileiro, e vai contar com onze jovens atletas

 

São Paulo (SP), 03 de abril de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

Em busca de dar continuidade às vencedoras gerações do esporte no Brasil, o Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, vai receber a quarta edição do projeto Diamantes do Futuro, com atletas paralímpicos do tênis de mesa. O processo é organizado pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), será realizado entre os dias 4 a 8 de abril e vai contar com onze atletas de classes variadas.

O Diamantes do Futuro consiste em uma detecção, neste caso dos atletas paralímpicos, analisando o desempenho e a qualidade, assim como a perspectiva de futuro no tênis de mesa para o Brasil.

O intuito do projeto é, além de garimpar novos talentos para a Seleção, desenvolver a modalidade e oferecer maiores oportunidades a jovens atletas. É uma chance para que os mesa-tenistas que ficam restritos ao seu estado, ou até sua cidade, possam aparecer no cenário nacional do tênis de mesa.

As atividades e os treinamentos intensivos serão conduzidos pela coordenação do técnico Alexandre Ghizi, mas os técnicos Robson Barczsz, Catia Silva, Fabrício Coutinho, Afonso Valente e Luiz Gustavo Auad também estarão presentes.

Os atletas que participarão da detecção são Maria Laura Reis, da classe 3; Carlos Eduardo de Moraes, da classe 4; Lucas Arabian, da classe 5; Allana Maschio, João Pedro Pôssas, Lucas Carvalho e Maria Beatriz Galego, da classe 9; Gabriel Antunes e Melanie Burlamarqui, na classe 10; e Ana Paula Cordeiro e Lucas Hansen, na classe 11.

Líder de Seleções da CBTM, Victor Lee destacou a importância da etapa que, para ele, será positiva para acompanhar a evolução dos atletas: “Será uma importante avaliação para sabermos como os atletas evoluíram no período, visto que todos eles participaram de, pelo menos, um treinamento de Diamantes”, explicou.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa