Experiência de Gustavo Tsuboi é um dos trunfos do Brasil na Copa do Mundo por Equipes

20/02/2018 14:25

Jogador é o mais experiente da equipe masculina, que conta ainda com os jovens Hugo Calderano e Eric Jouti

 
FOTO DE ARQUIVO: Gustavo Tsuboi, o mais experiente da equipe masculina que vai disputar a Copa do Mundo por Equipes. Crédito: Christian Martinez/RGB Studios.


Rio de Janeiro (RJ), 20 de fevereiro de 2018.
Por: Assessoria de Comunicação - CBTM
 

O tênis de mesa brasileiro espera pelo início da Copa do Mundo por Equipes, que começa nesta quinta-feira (22/2), em Londres (Inglaterra). No time masculino, Gustavo Tsuboi, 32 anos, experimenta uma condição especial: a de ser a peça mais tarimbada de uma equipe renovada.
 
Com larga vivência nas disputas pela Seleção Brasileira, pela qual é tricampeão pan-americano, entre outras conquistas, Gustavo é o mais "cascudo" da equipe. Ele, que foi diversas vezes o caçula de escretes nacionais com outros nomes consagrados como Hugo Hoyama e Thiago Monteiro, hoje tem papel de liderança ao lado de jovens talentosos como Hugo Calderano e Eric Jouti, com quem forma o trio brasileiro na Inglaterra.
 
Tsuboi reconhece a bagagem que carrega e explica como pode ajudar os mais novos, mas lembra que os meninos do Brasil já possuem certa quilometragem.
 
“Apesar de eu ser o mais velho da equipe, tanto o Hugo como o Eric têm bastante experiência, já participaram de vários torneios importantes. Somente o Eric vai jogar pela primeira vez uma competição desse calibre. Posso ajudá-los sim, motivando e tentando tranquilizar os companheiros. Eu e o Paco (Francisco Arado, treinador) teremos esse papel”, explica.
 
Quanto às chances da equipe, o atleta - baseado na fase dos jogadores do Brasil - se permite uma expectativa viável e não elimina a chance de um resultado histórico.
 
“Para a Copa do Mundo a gente não traçou exatamente um objetivo, mas temos uma boa chance de garantir classificação em nosso grupo. São quatro grupos de três seleções, viremos do segundo bloco para o sorteio e chegar às quartas é totalmente possível. Hugo vem jogando muito bem, eu tive até aqui uma boa temporada na Polônia, e o Eric vem subindo de nível a cada dia. A expectativa é chegar o mais longe que conseguirmos. Não descarto a chance de ir a uma semifinal, tampouco de conquistar uma medalha”, ressalta.
 
De fato, Tsuboi tem tido destaque na Liga Polonesa, na qual defende o AZS Politechnika Rzeszow. Ele é o principal jogador de sua equipe, que lidera a liga local pouco antes do início dos playoffs.
 
A Copa do Mundo por Equipes de Tênis de Mesa será disputada entre 22 e 25 de fevereiro, em Londres, com 12 seleções por gênero. O Brasil estará representado em ambos os naipes.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 
 
 
Siga a CBTM nas redes sociais:
 
 Facebook  Twitter  Instagram