Federação do Rio de Janeiro promove mais um evento com sucesso

01/10/2012 11:10

Quem esteve presente no segundo dia da competição por equipes, disputada neste domingo (30/9) no ginásio do SESC de São João de Meriti, teve a oportunidade de presenciar verdadeiras “batalhas” pelas disputas dos títulos de campeã das categorias Juvenil até Veterano 50-59 anos.

Na categoria Juvenil Feminino a equipe do Madureira Esporte Clube formada por Camila Kubo e Janaína Valle não deu chances às adversárias e conquistou o título sem perder um jogo sequer. Ficou com o segundo lugar a equipe da Associação Carioca de Tênis de Mesa e com o terceiro a equipe do Colégio Santa Mônica.

Na categoria Adulto Feminino, além de uma nova vitótia do Madureira Esporte Clube, representado por Akiko Uezu e Yoko Abe, sobre as jogadoras do Clube Adolpho Block, cabe destacar que, na partida final, houve, também, um encontro de duas das mais tradicionais famílias que, há muitos anos, mais especificamente há algumas gerações, se dedicam à prática do Tênis de Mesa.

De um lado da mesa estavam Akiko acompanhada de sua sobrinha Yoko; do outro lado, Hideco Takemura (irmã de Akiko e tia de Yoko) e sua neta Paula Takemura (prima de Yoko e sobrinha-neta de Akiko).

Assistindo ao jogo estavam Arnaldo Tomio Uezu, que também competia na categoria Veterano 40-49, e seu irmão Altair Tomomi Uezu (que também é jogador), ambos filhos de Akiko e sobrinhos de Hideco, além de primos de Yoko e de Paula. Ou seja, uma partida final totalmente disputada em família!

Na terceira colocação ficaram as equipes do Fluminense Football Club e da Associação Carioca de Tênis de Mesa.

Na categoria Juvenil Masculino, a equipe montada pelo Fluminense Football Club A, com Gabriel Ribeiro e João Sampaio, não teve dificuldades em obter o título, também sem perder nenhuma partida, derrotando no jogo final a equipe do Clube Náutico de Volta Redonda, representada por Ian Almeida e Pedro Moura. Ficaram em terceiro lugar as equipes do Fluminense Football Clube B e da ADM-Petrópolis.

Já na disputa da categoria Juventude Masculino, uma das batalhas acima mencionadas ocorreu justamente na partida final, que foi empolgante e que envolveu as torcidas do Fluminense e da Associação Carioca, uma vez que, a cada momento, o jogo pendia para um dos lados.

Porém, no final, valeu o melhor esforço da Associação Carioca de Tênis de Mesa, brilhantemente representada por Leandro Fernandes e Marcus Fernandes, que conseguiram derrotar por 3×2 a briosa equipe do Fluminense Football Club, composta por Hélio Travessa e Eduardo Cazeiro. Na terceira posição ficaram as equipes da ADM-Petrópolis e do Clube Náutico de Volta Redonda.

Na categoria Senior, conquistou o título a única equipe de fora do estado, a ADM-Chapecó, de Santa Catarina, muito bem representada por Cleber Oliveira e Eduardo Oliveira, que bateram na final a composição da Associação Carioca de Tênis de Mesa A, formada por Jayme Amaral e Windeson Silva. Ficaram em terceiro lugar as equipes do Fluminense Football Club e da ADM-Petrópolis.

Uma das outras batalhas travadas, aconteceu na disputa da categoria Veterano 40-49 anos, porém na partida semifinal, que concentrou a atenção de todos pelos duríssimos jogos entre os tricolores da equipe A do Fluminense, Cláudio Beznos e seu parceiro Mauro Silva, de um lado, e, do outro, Omar Barbosa e Arnaldo Uezu, representando o Madureira Esporte Clube A, que, após perder por 3×2, ficou com uma das terceiras colocações.

Quem enfrentou o Fluminense no jogo final – e perderam – foram os atletas do Clube Náutico de Volta Redonda, José Corrêa e Cesar Rodrigues. Na outra terceira colocação ficou a equipe do Fluminense Football Club B.

Na categoria Veterano 50-59 anos, o Fluminense Football Club, vencedor do título, fez ressurgir de uma longa inatividade um de seus principais atletas, Marcelo Leitão, que, ao lado – e muito bem assessorado – do seu companheiro Mauricio Araujo, conquistaram com absoluto mérito o título, derrotando, na partida final, os atletas José Tito e Raimundo Borges, que representaram o Clube Náutico de Volta Redonda. Na terceira posição ficou a equipe da SCRE Hebraica, composta por José Motta e Marcilio Luz.

Fechando o domingo, a disputa da categoria Adulto Masculino – a última batalha do dia – reservou boas doses de adrenalina para quem assistiu ao super equilibrado jogo final, disputado por Bruno Vital e Fernando Ribeiro, defendendo a ADM-Petrópolis, e por André Moreria e Renê Silva, envergando a camisa do Fluminense Football Club.

Aparentemente – e apenas aparentemente -, a partida se apresentou totalmente favorável, em seu início, para a ADM, pois Bruno e Fernando fizeram logo dois pontos derrotando Renê e André, respectivamente. Porém, a partir do jogo de duplas, a reviravolta tricolor comoçou a surgir, pois André e Renê, de forma tranquila, obtiveram o primeiro ponto do Fluminense.

No quarto jogo, a voz corrente entre os torcedores seria a de que Bruno Vital, líder do ranking adulto, normalmente, derrotaria André Moreira: porém, não foi o que aconteceu, já que André, com enorme garra e disposição, conseguiu a difícil tarefa de derrotar Bruno, deixando a partida empatada e colocando uma enorme carga de responsabilidade sobre os ombros dos dois atletas que fariam o quinto e último jogo.

Fernando Ribeiro, que nas últimas competições não vinha obtendo bons resultados, conseguiu superar-se e, após uma equilibrada partida, derrotou Renê no desempate do quarto set (12/10), marcando, dessa forma, o terceiro ponto para a ADM-Petrópolis. Obtiveram a terceira posição as equipes do Madureira Esporte Clube A e da Associação Carioca de Tênis de Mesa.

FTMERJ