Federação gaúcha celebra Campeonato Estadual com mais inscritos na história

10/08/2017 17:24

Jorge Fanck abriu as portas do estado para que a CBTM possa fazer eventos nacionais

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10/08/2017

Foto: Arquivo Pessoal Jorge Fanck

A semana foi especial para a Sogipa, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Além de completar 150 anos, o clube foi sede do maior Campeonato Gaúcho de tênis de mesa da história, que contou com 132 atletas inscritos. 
 
Jorge Fanck, coordenador do projeto Diamantes do Futuro da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) e presidente da Federação de Tênis de Mesa do Rio Grande do Sul, celebrou o sucesso da terceira etapa do 43º Campeonato Estadual, ressaltando que o êxito desta edição pode acarretar em torneios ainda maiores daqui para frente.
 
"É muito gratificante. A gente sempre batia na trave dos 100 inscritos, já chegamos a ter 95, 97, 98 mesatenistas em outras edições e, por isso, queríamos passar dos 100. Então, fizemos uma grande campanha para alcançar esse número. Acredito que agora passando essa meta, e o pessoal vendo a beleza que foi o campeonato cheio, com a vibração da arquibancada, com atletas novos... vai querer sentir esse gostinho mais vezes", disse.
 
Fanck fez questão de apontar que o engajamento dos clubes gaúchos foi o grande responsável pelos indicadores positivos que a competição teve:
 
"A maior responsabilidade por ter acontecido esse evento com tantos adeptos foi o fortalecimento dos núcleos do tênis de mesa aqui no estado. Hoje, nós temos cinco equipes bem organizadas e engajadas, e cada uma dessas participando do estadual já leva mais de 20 atletas cada, o que ultrapassa a marca de 100 inscritos".
 
O dirigente da federação gaúcha não escondeu a intenção de que o Rio Grande do Sul receba uma competição nacional em breve, salientando que a CBTM tem caminho aberto para tal. 
 
"Temos vontade de trazer eventos de porte nacional para o estado, pois facilita muito aos atletas locais participarem de torneios dessa magnitude. A CBTM tem portas abertas aqui no estado. Sabemos que a confederação vê com bons olhos fazer competições aqui no Rio Grande do Sul, e só é uma questão mesmo de fechar calendário, local e algum apoio que a gente consegue trazer um evento dessa magnitude no estado", afirmou.
 
O trabalho da Sogipa no tênis de mesa foi exaltado por Fanck, que lembrou que o clube, juntamente à CBTM, tem fomentado a modalidade no Rio Grande do Sul. Até por isso, ele celebrou o fato de o esporte ter participado da celebração de 150 anos da Sogipa.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br

"Fiquei muito feliz que a Sogipa tenha sido agraciada com esse belo evento tão próximo ao aniversário deles. O clube, juntamente com a confederação brasileira, tem uma parceria, lá é um centro estadual de treinamento e tem um investimento muito grande feito pela Sogipa e pela CBTM, além de ter vários atletas e praticantes envolvidos na história da equipe", concluiu.