Genifer segue exemplo de outros atletas de alto nível e se muda para São Caetano

15/03/2012 13:59

Depois de Hugo Calderano, que deixou o Rio de Janeiro para morar em São Caetano, e a atleta Paralímpica Bruna Alexandre, que também saiu de Criciúma para ir treinar no principal centro de Tênis de Mesa do Brasil, foi a vez da jovem Genifer Zhao seguir o destino que para muitos é o caminho para o sucesso.

Genifer Zhao nasceu no Brasil mas antes de completar um ano de vida foi para a China, terra natal de toda sua família, onde morou por mais de uma década. Quando voltou não sabia sequer falar português e teve que passar por um processo de adaptação igual a qualquer outro imigrante estrangeiro.

Em sua primeira participação em uma competição com a camisa da Seleção Brasileira, no Campeonato Sul-Americano Mirim que aconteceu na Colômbia, no ano passado, a atleta conquistou três medalhas de ouro no Individual, Equipes e Duplas. Apesar dos títulos, Genifer ainda saiu reclamando porque não conseguiu levar o torneio de Duplas Mistas, em parceria com Hugo Calderano.

Desde cedo Genifer sempre mostrou brios e vontade de vencer. O fato de não ter conseguido uma vaga na Seleção Brasileira esse ano a deixou um pouco frustrada e a fez perder um pouco do entusiasmo pela modalidade. No entanto, a mudança para São Caetano representa uma reviravolta em sua vida e pode ajudá-la a figurar entre as principais atletas do país em pouco tempo.

Na rodada de abertura da Copa Brasil Sul-Sudeste I, que começou na manhã dessa quinta-feira, em Santos, Genifer deu azar no sorteio e enfrntou logo de cara Lígia Silva e perdeu por 3 a 0 (11-5, 11-2 e 11-9).