Geraldo Campestrini é o novo CEO da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa

07/11/2018 12:34

Catarinense, de 37 anos, foi o responsável por desenvolver o plano estratégico da entidade e chega para executar as novas ações da CBTM

 

Rio de Janeiro (RJ), 07 de novembro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O catarinense Geraldo Campestrini, de 37 anos, iniciou nesta semana o trabalho como CEO (Chief Executive Officer ou Diretor Executivo, em adaptação para a língua portuguesa) da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM). Natural de Joinville, chega para executar o plano estratégico da entidade, que ele próprio desenvolveu há alguns anos.

Campestrini é autor do livro "Plataforma de Negócios do Esporte: a gestão do esporte orientada pelo mercado". Doutor pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com pesquisa relacionada ao impacto econômico de eventos esportivos, é graduado em Ciência do Esporte pela Universidade Estadual de Londrina, especialista em Gestão e Marketing no Esporte pelo Instituto Catarinense de Pós-Graduação e mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa.

Segundo o presidente da CBTM, Alaor Azevedo, este é mais um passo dado na direção de uma entidade cada vez mais focada em excelência de gestão e governança, onde todos os passos são dados de acordo com um planejamento estratégico.

“É uma pessoa do mais alto nível, um dos mais preparados. A vinda do Geraldo é muito bacana, pois ele vai poder implementar o plano que ele mesmo fez. Não vamos fazer coisas atabalhoadas ou improvisadas. É um momento histórico para o tênis de mesa. A própria Federação Internacional está seguindo nessa linha”, lembrou o dirigente.

Em sua apresentação, na sede da CBTM, no Rio de Janeiro, Campestrini disse que vai buscar um canal direto para que a modalidade se aproxime de todos.

“Agora vamos mergulhar na operação de forma mais incisiva. Espero corresponder às expectativas de todos. Vamos procurar entender mais o atual momento. Tenho uma linha de pensamento que busca aproximar mais o tênis de mesa com o mercado, com os patrocinadores e os praticantes, inclusive os informais”, explicou.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa