Giulia Takahashi está próxima de conquistar duas medalhas no Desafio Mundial de Cadetes 2019

29/10/2019 18:02

Brasileira, que subiu duas vezes ao pódio em 2018, está nas quartas de final do torneio de duplas feminino e nas oitavas do individual

FOTO: Giulia segue na briga pelo título mundial de Cadetes. Crédito: ITTF

 

Wladyslawowo (POL), 29 de outubro de 2019.

Por: Assessoria de Imprensa - CBTM

A brasileira Giulia Takahashi, de 14 anos, está próxima de conquistar duas medalhas no Desafio Mundial de Cadetes 2019. Nesta terça-feira (29), em Wladyslawowo (POL), ela conquistou a classificação para as quartas de final do torneio de duplas feminino, ao lado da mexicana Arantxa Aceves, e está nas oitavas de final da disputa individual. A categoria de Cadetes corresponde ao infantil no Brasil. Em 2018, Giulia subiu duas vezes ao pódio, em sua primeira participação no torneio.

No torneio de duplas, Giulia e Arantxa, cabeças de chave número 3, encaram a parceria formada pela argelina Melissa Belache e a egípcia Hana Goda, nesta quarta-feira, às 13h30 (de Brasília). No individual, Giulia terá pela frente a sul-coreana Lee Yeonhui, às 5h. Se vencer, enfrenta a vencedora do confronto entre a norte-americana Angie Tan e a russa Vlada Voronina, às 10h, pelas quartas de final. O canal do YouTube da ITTF TV acompanha a competição ao vivo.

O primeiro dia de disputas de duplas e individuais no Desafio Mundial teve as vitórias de Giulia e Arantxa contra a irlandesa Sophie Earley e a norte-americana Emily Tan, por 3 a 1 (7/11, 11/3, 11/5 e 11/8), pelas oitavas de final. No individual, Giulia passou da fase de grupos com duas vitórias: contra a fijiana Filomena Duncan, por 3 a 0 (11/1, 11/1 e 11/1), e, sobre a norte-americana Emily Tan, por 3 a 1 (11/9, 3/11, 13/11 e 11/7). Perdeu apenas um jogo, para a indiana Yashaswini Ghorpade, por 3 a 0 (8/11, 4/11 e 8/11).

Já no torneio de duplas mistas, Giulia caiu na estreia. Jogando ao lado do nigeriano Taiwo Mati, perdeu para a parceria formada pelo indiano Payas Jain e a argelina Melissa Belache, por 2 a 1 (11/9, 10/12 e 3/11).

Masculino

Joon Shim, o outro brasileiro no Desafio Mundial, não tem mais chances de medalhas. No individual, ele ficou em terceiro lugar no grupo 4, com uma vitória, por 3 a 0, sobre o canadense Simeon Martin (11/5, 11/7 e 11/7), e duas derrotas: para o singapuriano Yong Quek, por 3 a 0 (7/11, 9/11 e 7/11), e, para o nigeriano Taiwo Mati, por 3 a 2 (11/3, 7/11, 5/11, 11/9 e 7/11). No torneio de duplas masculino, ao lado do mexicano Rogelio Castro, parou na parceria do romeno Iulian Chirita e o singapuriano Yong Quek, por 3 a 2 (6/11, 8/11, 11/8, 11/4 e 4/11). Na disputa de duplas mistas, ao lado da irlandesa Sophie Earley, foi derrotado pelo argelino Abderrahmane Azzala e pela malaia Xin Ni Lee, por 2 a 1 (9/11, 11/5 e 7/11).

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa