Gustavo Tsuboi faz o Brasil sonhar com dois jogadores no Top 50 até 2016

26/01/2013 12:07

Para sonhar com uma medalha nos Jogos Olímpicos de 2016 o Brasil precisa ter dois jogadores entre os cinquenta do Ranking Mundial. Gustavo Tsuboi está um pouco distante disso, mas provou no Aberto da Áustria que tem condições de chegar.

Depois de vencer o francês Adrien Mattenet, 28º do Ranking, Gustavo enfrentou nesse sábado o japonês Kazuhiro Chan, o 32º, nas oitavas de final da etapa do Circuito Mundial promovida pela Federação Internacional de Tênis de Mesa na cidade de Wels.

A disputa foi marcada pelo equilíbrio e lances emocionantes, que arrancaram muitos aplausos do público.  O brasileiro perdeu a partida por 4 a 2, mas jogou de igual para igual e mostrou que não deixa a desejar em termos técnicos se comparado a atletas da Europa e Ásia.

O primeiro set reflete bem o que foi a partida.  Os dois chegaram empatados em 10 a 10, depois 12 a 12, e o japonês conseguiu fechar em 14 a 12. No segundo a história se repetiu, mas dessa vez o brasileiro foi melhor no momento decisivo e fez 11 a 9.

O terceiro set começou do mesmo jeito, empatado em 2 a 2, mas o japonês acertou a mão e fechou com um surpreendente 11 a 3. Apesar da derrota, Tsuboi não se abateu e voltou bem, abrindo uma pequena diferença, de 6 a 4, e conseguindo sustentá-la até 11 a 6.

No quinto set o japonês abriu 5 a 3, ampliou um pouco mais para 7 a 4, depois para 9 a 6 até fechar em 11 a 6. O brasileiro lutou muito, vibrou a cada ponto e ganhou o respeito e a admiração da torcida, mas acabou perdendo o último sexto set por 11 a 4 e o jogo por 4 a 2.

Gustavo Tsuboi ocupa atualmente a 113ª posição do Ranking Mundial, mas como conseguiu uma vitória sobre o 28º, deverá subir bastante. Com a excelente fase de Cazuo Matsumoto, a experiência de Thiago Monteiro e o surgimento de novos atletas como Hugo Calderano, Eric Jouti e Vitor Ishiy, a meta de ter dois atletas entre os 50 melhores do mundo não parece tão distante assim.