HISTÓRIAS DO PAN – Medalhista na mesa e tiete nas horas vagas, Lígia Silva não deixava de registrar seus ídolos

23/07/2019 11:56

Disputado em Winnipeg, no Canadá, o Pan-Americano de 1999 foi o primeiro dos cinco jogados pela mesa-tenista brasileira

 

Rio de Janeiro (RJ), 23 de julho de 2019.

LUCAS MATHIAS

A edição de 1999 dos Jogos Pan-Americanos rendeu boas histórias, como a de Lígia Silva, debutante na competição naquele ano, em Winnipeg, no Canadá. Medalhista de bronze por equipes com a Seleção feminina, a brasileira foi também protagonista nas ruas da Vila onde se hospedou a delegação brasileira com atletas de várias modalidades. Diferentemente das raquetes, dentro da quadra, ali seu principal instrumento era a câmera fotográfica.

Apelidada de Batatinha, e com os olhares maravilhados de quem ia pela primeira das cinco vezes em que jogou um Pan-Americano, Lígia acompanhava de perto quando algum atleta brasileiro passava por ela. E como boa tiete, não esperava o momento de medalhas para registrar os ídolos dali:

“Eu tirava foto com todo mundo da delegação brasileira. Nem queria saber se tinha medalha ou não, tirava e tirava. Pois cá entre nós, peguei uma safra de belos atletas. Pensava: vou tirar, vai saber quando volto a encontrá-los”, lembrou Lígia.

A lista é extensa e pesada, recheada de ídolos: “Cheguei a tirar fotos com Daiane dos Santos, com as meninas do handebol, o Gustavo Borges, com Fernando Scherer, o Xuxa”, listou a mesa-tenista. 

Em um ambiente predominantemente brasileiro, cada medalha era uma festa. E o medalhista, o centro das atenções. Já conhecida pelo minucioso trabalho de buscar os atletas atrás de fotos, Lígia Silva parecia esperar o momento certo para ser o foco dos flashes – que vieram após a conquista por equipes, ao lado de Eugênia Ferreira e Lyanne Kosaka:

“O povo até enjoava. Falava: de novo, Batata? Só que até então, não tinha ganho medalha. Tirava com os aletas que tinham. Aí chegou minha vez: ganhei uma medalha e todos queriam tirar foto. De tanto pedir, o povo falava: a Batata ganhou medalha, vamos tirar foto com ela!”, lembrou, com bom humor.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa