Hugo Calderano pode se tornar o primeiro brasileiro campeão da Bundesliga neste sábado

24/05/2019 08:24

Título alemão escapou das mãos do Ochsenhausen na temporada passada. Time do brasileiro já foi campeão da Copa da Alemanha no início do ano

Crédito da Foto: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte

 

Frankfurt (GER), 24 de maio de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

O mesa-tenista Hugo Calderano pode marcar seu nome na História da modalidade mais uma vez neste sábado (25). Seu clube, o Ochsenhausen, disputa a final da Bundesliga, a liga alemã, a partir de 10h (de Brasília), contra o Saarbrücken, em Frankfurt, e o brasileiro poderá se tornar o primeiro atleta do nosso país a vencer esta competição. As partidas terão transmissão ao vivo para o Brasil pelo canal de streaming da TVN Sports.

Na temporada 2017/2018, o título escapou na decisão, contra o Borussia Düsseldorf. Neste ano, os pentacampeões foram eliminados na semifinal pelo Saarbrücken. O time de Calderano, o Ochsenhausen, fez uma temporada praticamente irretocável até o momento. Foram 18 vitórias na Bundesliga, sendo a última na semifinal, contra o Schwalbe Bergneustadt. Desde 2004 a equipe não conquista o título alemão. No início deste ano, o Oschenhausen faturou a Copa da Alemanha, encerrando um jejum de 16 anos.

“Foi muito bom para o nosso clube conquistar o título da Copa da Alemanha e estarmos na final da Bundesliga pelo segundo ano consecutivo. Espero que desta vez a gente consiga ganhar. Com certeza é muito importante para o Ochsenhausen. Estão esperando 4 mil espectadores em Frankfurt”, lembra Hugo Calderano.

Esta será mais uma demonstração da força do brasileiro no cenário internacional. Atual número 8 do mundo, único atleta da América Latina a atingir este patamar no tênis de mesa mundial, Calderano liderou o Ochsenhausen nesta temporada, tendo outros grandes nomes como companheiros, casos do francês Simon Gauzy e do sul-coreano Jang Woojin. O título alemão serviria para coroar o seu grande momento.

“Fico muito feliz de jogar na Liga mais forte da Europa e num time como o Ochsenhausen, onde a concorrência interna é alta. Meu companheiro de equipe, o Gauzy, venceu o Xu Xin (chinês) no último Mundial. É muito bom para treinarmos e crescermos juntos”, diz o brasileiro.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa