Iniciativa da CBTM recebe elogios dos técnicos em São Caetano

13/09/2012 12:10

Para elevar o nível da modalidade é preciso investir na formação de treinadores. Por isso, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa decidiu realizar um curso com o português Ricardo Faria, um dos mais respeitados profissionais da Europa, que comandou a Seleção de seu país nas Olimpíadas de Londres.

O evento acontece em São Caetano, no recém-inaugurado centro de treinamento, com a participação de vinte técnicos do Amapá, Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Além do curso com Ricardo Faria, os técnicos acompanham os treinamentos de atletas para Circuito Mundial Infantil e Juvenil promovida pela ITTF, o Aberto do Brasil, que será disputado no Rio de Janeiro, entre os dias 20 e 23 desse mês.

--- O curso é uma grande oportunidade de grande valia para nossa formação pessoal, aperfeiçoamento técnico e consequentemente para nossos atletas. Estamos podendo observar, interagir e discutir com um profissional muito atencioso, dedicado e de alto nível. Só temos a agradecer CBTM, ao Lincon e ao Ricardo --- afirma Alexandre Ghizi, de Santa Catarina.

Já o paulista Mauro Uwagoya, destacou a importância de adquirir conhecimento com um treinador consagrado, que conhece a modalidade e tem o reconhecimento no meio esportivo graças ao trabalho que realiza.

--- Gosto muito da humildade, seriedade e do amor que ele demonstra ter com a modalidade e todos a seu redor. O curso é exatamente as maneira que gosto de aprender, nada daqueles slides após slides, onde fica cansativo e não soma muito. Identifiquei-me no sentido humano que o Ricardo encara toda a situação, pois essa é a minha realidade --- garantiu Uwagoya.

O paranaense Pedro Gerônimo lembrou que, quando técnicos de outros estados participam de atividades no Centro de Treinamento Nacional da CBTM, voltam para casa com outra visão. Agora, com o reforço de um profissional estrangeiro, o aprendizado será ainda maior e ajudará o crescimento da modalidade no país.

--- Sempre que nós, que não somos de São Paulo, estamos no CT da seleção, a troca de informações é muito intensa. Agora com a vinda do técnico Ricardo Faria de Portugal temos a oportunidade de literalmente colher informações valiosas para nossa formação e também a de nossos atletas --- garante.