Intercâmbio de coordenador do Diamantes do Futuro é destaque no site da ITTF

10/02/2017 15:39

Jorge Fanck participou do Mentorship, na Suécia, onde apresentou um projeto sobre footwork e planejamento

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 10/02/2017

A participação de Jorge Fanck no projeto Mentorship, em Falkenberg, na Suécia, foi destaque no site da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). Ao portal, o coordenador do Diamantes do Futuro falou sobre a experiência de ter convivido com grandes nomes do tênis de mesa, como Peter Karlson, Michel Gadal, Michel Gatien e Jörgen Persson, além de ressaltar o que poderá implementar no projeto de detecção da talentos da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).
 
Para Fanck, ter sido personagem de um artigo da ITTF foi uma forma de reconhecimento do trabalho que vem realizando há anos no tênis de mesa.
 
"Felizmente, consegui abraçar as oportunidades que surgiram na minha carreira, nunca me acomodei e sempre fui atrás de conhecimento e novos conceitos. Acredito que o fato de eu sempre buscar crescimento e me mostrar sempre disposto a colaborar abriu muitas portas para mim", disse.
 
O treinador do Sogipa (RS) ressalta ainda que os bons resultados que os brasileiros estão conquistando nos últimos anos tem gerado boas oportunidades e, tanto atletas quanto treinadores, devem aproveitar. Além disso, lembrou que há um desafio para que cada vez mais seja mostrada evolução.
 
"O Brasil está sendo visto com outros olhos hoje no cenário mundial. Precisamos aproveitar, pois, com certeza, muitas portas podem se abrir para atletas e técnicos neste momento. Mas, com todo este crescimento, também vem a responsabilidade de continuarmos realizando este excelente trabalho e buscar evoluir ainda mais. Tenho o sonho, e espero concretizar, de um dia ver atletas brasileiros em pódios de campeonatos mundiais e Jogos Olímpicos", afirmou.
 
Durante o intercâmbio, no ano passado, Jorge Fanck desenvolveu um projeto voltado para o footwork e planejamento de temporada, visando competições, treinamentos, focos e objetivos. Além disso, pôde observar diversas atividades ministradas pelos técnicos europeus.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br