Jéssica Yamada comemora bom momento do Brasil para o Campeonato Mundial

26/04/2018 16:34

Aos 28 anos e disputando a Liga Francesa, mesa-tenista acredita no sucesso das meninas em Halmstad

Crédito da Foto: Calixto N. Llanes / Periódico JIT (Cuba).

 

Rio de Janeiro (RJ), 26 de abril de 2018.
Por: Assessoria de Imprensa - CBTM

Quando bons resultados começam a acontecer, não é obra do acaso. Muito trabalho, rotina de treinos, jogos e viagens fazem parte da vida de Jéssica Yamada, mais uma integrante da Seleção Brasileira que vai estar no Campeonato Mundial de Tênis de Mesa por Equipes, em Halmstad, na Suécia, a partir do próximo domingo (29/4).

Aos 28 anos, Jéssica tem uma forte rotina na França há três anos. Lá, disputa a Liga (Pro A) e se adaptou totalmente ao dia a dia, que não é fácil. Mas tem sua recompensa:

“Estou me sentindo muito bem. Tenho tido um bom desempenho na Liga Francesa, o que me dá muita confiança para a disputa do Mundial”, enumera, e não para por aí. A atleta comenta sobre sua rotina de treinos e a razão do sucesso no último Campeonato Latino-Americano:

“Minha rotina é a mesma sempre. Treino dois períodos, quatro vezes por semana e, um período nos outros dois dias da semana. Sempre visando às vitórias contra minhas adversárias”, comenta.

O time brasileiro feminino tem uma vivência especial, mesmo com idades distintas das quatro mesa-tenistas. Com essa reunião de tantos talentos, Jéssica comemora:

“Fico muito feliz em ver o Brasil disputando os principais torneios entre os melhores do mundo. Isso prova que estamos evoluindo o nosso nível e ganhando nosso espaço no cenário mundial”.

Ela ainda acredita que a disputa do Mundial será muito parelha. Não vê nenhum adversário absurdamente melhor. Crê no equilíbrio:

“Qualquer equipe da Primeira Divisão é forte. Não existe uma única tática para vencer os demais times. O importante é o jogo a jogo. Precisamos estar preparadas para fazer o nosso melhor, não importando o que venha pela frente. O que posso garantir é que lutaremos muito para representar o Brasil da melhor maneira possível”, complementa.


A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa