Jessica Yamada é a esperança do Mayenne em busca de mais uma vitória

18/12/2012 11:30

Dois brasileiros que vivem momentos distintos participam da Liga Francesa de Tênis de Mesa, que encerra a temporada nessa terça-feira com a disputa da oitava rodada do Pro A e Pro B, masculino e feminino. Um está estabilizado e trabalha para se manter no topo, enquanto a outra ainda busca realizar seus sonhos.

Thiago Monteiro mora no país há mais de dez anos e está totalmente adaptado. Fala francês fluentemente, casou-se, tem um filho pequeno e não pensa em voltar para o calor das praias cearenses tão cedo, exceto nas férias, quando volta para o carinho da família e dos muitos amigos que deixou em Fortaleza.

Jessica Yamada chegou mês passado para tentar evoluir na modalidade e ganhar reconhecimento. Ela mora na cidade de Rouen, a 130km de Paris, e defende o Mayenne. A contratação da brasileira foi uma indicação do técnico da Seleção masculina adulta, o francês Jean-René Mounie, que vê nela potencial para continuar crescendo.

Jessica teve pouco tempo para conhecer suas companheiras de clube e sente falta da família e dos amigos. No entanto, está se adaptando rápido e sabe que cada dia superado a deixará ainda mais forte para continuar lutando por seus objetivos. E o maior deles é disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Pelo visto tudo está dando certo. A estreia de Jessica Yamada no Pro B da Liga Francesa não poderia ter sido melhor. A atleta ajudou sua equipe a vencer o Elancourt CTT, por 4 a 2, e sair da lanterna da competição para a oitava posição. Foi o primeiro resultado positivo do Mayenne, que nas seis primeiras rodadas perdeu quatro jogos e empatou dois.

Nessa terça-feira, o Mayenne enfrenta a equipe do Serris, que ocupa a segunda posição na tabela. O líder é o Quimper CTT, que está invicto com 19 pontos.