Jogando em casa, Lígia Silva quer recuperar o posto que foi seu por dez anos

12/06/2012 00:33

Se o Tënis de Mesa brasileiro tem uma Princesinha, também tem uma Rainha. E o reinado de Lígia Silva durou dez anos, tempo que a mais vitoriosa atleta de todos os tempos se manteve como nº 1 do país.

No entanto, no início desse mês, foi ultrapassada pela jovem Caroline Kumahara no Ranking Mundial divulgado pela Federação Internacional de Tênis de Mesa.

Lígia Silva conquistou a vaga para Londres na seletiva realizada no Rio de Janeiro e disputará sua terceira Olimpíada.

O Aberto do Brasil, que começa nessa quarta-feira, na Arena Santos, faz parte da preparação, mas também ganhou uma importância ainda maior, pois há também o objetivo de recuperar o antigo posto. 

A amazonense já foi a Sidney e Atenas e prepara-se para Londres. Mesmo já tendo passado dos 30 anos, diz ter disposição para estar no Rio em 2016.

--- Pretendo continuar treinando até lá para merecer a chance de ser convocada para as seletivas --- afirma Lígia, que vai jogar em casa, na cidade que escolheu para morar.