JOGOS PARAPAN-AMERICANOS – Mesa-tenistas brasileiros conquistam quatro dos cinco títulos de equipes

27/08/2019 16:28

Equipes masculinas das classes 1-2, 6-8 e 9-10, além da feminina 2-5, subiram ao degrau mais alto do pódio; Brasil somou nove ouros nos Jogos

FOTO: Guilherme Costa (esq.), Iranildo Espíndola (centro) e Aloísio Lima (dir.) comemoram o ouro da classe 1-2. Crédito: Ale Cabral/Exemplus/CPB.

 

Lima (PER), 27 de agosto de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

Um show brasileiro na despedida do tênis de mesa nos Jogos Parapan-Americanos. Nesta terça-feira (27), os nossos mesa-tenistas conquistaram quatro das cinco medalhas de ouros dos torneios de equipes. Somando as disputas individuais, o Brasil leva para casa 24 medalhas, com nove de ouro, seis pratas e nove de bronze.

As meninas da classe 2-5 foram as primeiras a vencerem a final. Derrotaram as mexicanas, por 2 a 0. Joyce Oliveira e Marliane Santos bateram Maria Sigala e Martha Verdin, nas duplas, por 3 a 1 (11/4, 11/8, 7/11 e 11/6). Na sequência, Joyce garantiu o título, contra Maria Sigala, com triunfo por 3 a 0 (11/8, 11/9 e 11/6).

Os rapazes da classe 1-2 tiveram um pouco mais de dificuldades contra os chilenos. Nas duplas, vitória da parceria Guilherme Costa e Iranildo Espíndola sobre Luis Flores e Vicente Leiva, por 3 a 0 (11/6, 11/7 e 11/6). Aloísio Lima foi batido por Flores, também por 3 a 0 (7/11, 8/11 e 4/11). Mas Guilherme garantiu o título, ao superar Vicente Leiva, pelo mesmo placar (11/6, 11/5 e 11/1).

“Estamos super felizes, vencemos muito bem. Viemos para cá como melhor equipe e confirmamos isso aqui. Agora, é voltar para casa e comemorar, pois é um ouro pan-americano e não é pouca coisa”, disse Guilherme Costa.

O terceiro ouro veio dos meninos da 9-10. Nas duplas, vitória suada de Carlos Carbinatti e Diego Moreira sobre os chilenos Manuel Echaveguren e Gustavo Castro, por 3 a 2 (11/6, 6/11, 11/13, 12/10 e 11/8). Logo depois, Carbinatti garantiu o ouro, ao derrotar Echaveguren, por 3 a 0 (11/6, 11/7 e 11/6).

Por fim, o quarto ouro, na categoria 6-8 masculino. Outra vitória suada nas duplas, com Paulo Salmin e Francisco Wellington batendo os norte-americanos Ian Seidenfeld e Marco Makkar, por 3 a 2 (11/5, 11/7, 7/11, 7/11 e 11/4). Salmin venceu na Seidenfeld sequência, por 3 a 0 (11/7, 11/8 e 11/6), assegurando mais um ouro.

Na outra final, na classe 3-5, os brasileiros foram superados pelos chilenos, por 2 a 0, em duas partidas muito apertadas. David Freitas e Welder Knaf perderam nas duplas para Cristian González e Maximiliano Rodríguez, por 3 a 2 (11/5, 12/14, 11/0, 5/11 e 9/11). E Freitas foi superado por González, pelo mesmo placar (4/11, 11/8, 11/2, 8/11 e 6/11).

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa