Jornalista lança livro com detalhes, fatos pitorescos e curiosos da história dos Jogos Pan-Americanos

24/06/2019 22:17

Lançamento acontece nesta terça-feira, em São Paulo; Obra tem depoimentos de Hugo Hoyama e Hugo Calderano

FOTO: Hugo Hoyama exibe medalhas no Pan de 2007, no Rio. 

 

São Paulo (SP), 25 de junho de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

O jornalista Guilherme Costa lança, nesta terça-feira (25), o livro “Louco Por Ti América”. A obra, publicada pela Editora Mourthé, conta, com riqueza de detalhes, além de fatos curiosos e pitorescos, a história dos Jogos Pan-Americanos. O evento de lançamento acontece a partir de 18h, no auditório A do Centro de Treinamento e Pesquisa (Rua Pedro de Toledo, 1.653, Vila Clementino – ao lado do metrô AACD Servidor – Linha Lilás), na capital paulista.

O livro traz os principais fatos da história dos Pans, além de mais de 50 depoimentos de quem esteve presente, entre atletas, técnicos, voluntários e jornalistas. Hugo Hoyama e Hugo Calderano são os dois nomes do tênis de mesa que deram depoimentos na obra. Além disso, 17 divertidas ilustrações contam os casos mais curiosos do evento.

O jornalista retrata com riqueza de detalhes parte das mais de 1.200 medalhas conquistadas pelo Brasil neste evento. E traz fatos muito interessantes, como a participação de Che Guevara como fotógrafo nos Jogos de 1955, na Cidade do México; a tocha roubada em Chicago, em 1959; e um atleta do esqui aquático chamado Freddy Krueger, que participou do Pan de 1999.

“É muito difícil achar coisas dos Jogos Pan-Americanos. Não existe nenhuma publicação oficial. Busquei muito em acervos de jornais. Quero mostrar a importância do Pan para os atletas brasileiros. É uma mini-Olimpíada, onde o Brasil ganha medalhas, é uma potência. Fiz esse livro, pois tenho um carinho enorme pelos Jogos Pan-Americanos. Foi com o Pan que comecei a gostar de esportes, em 1999. Acompanhava competições na TV por 12 horas, diariamente”, lembra o autor.

Guilherme Costa tem 30 anos e esteve presente nos últimos três Jogos Pan-Americanos. Em 2007, como torcedor no Rio de Janeiro, e em 2011 (Guadalajara, México) e 2015 (Toronto, Canadá), como jornalista. Atualmente, trabalha no Grupo Globo e já fez parte da equipe de esportes da TV Record e da Rádio Bradesco Esportes FM.

O jornalista cobriu, in loco, as duas últimas Olimpíadas, em Londres-2012 e no Rio de Janeiro-2016. Ele também participou das coberturas de Campeonatos Mundiais de natação, boxe, handebol, canoagem, ginástica, judô, ciclismo, luta olímpica, remo, caratê, tênis de mesa, vôlei e vela, além de outros grandes eventos, como o torneio de Roland Garros de tênis e a Liga Diamante de atletismo.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
                                                         

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa