Jovem promessa da Classe 9 disputará o Campeonato Parapanamericano

30/01/2013 10:30

O Líder de Seleções Paralímpicas da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Victor Lee, divulgou nessa quarta-feira a relação de atletas que disputarão o Campeonato Parapanamericano por indicação técnica. A lista foi feita por Celso Toshimi e José Ricardo Rizzone, baseados em algumas avaliações, e apenas jogadores que participaram da Seletiva realizada em Piracicaba puderam ser escolhidos.

Na Classe 9 o indicado foi Erick Higa, que se juntará a Edimilson Pinheiro e Guilherme Ifanger, que garantiram a vaga na Seletiva realizada em Piracicaba. O jovem atleta,campeão da Copa Tango em 2012, é apontado pelos especialistas como uma das principais promessas do Tênis de Mesa brasileiro e forte candidato a uma das vagas nas Paralimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

--- Estou conseguindo realizar um sonho, que era conquistar a vaga e defender a Seleção --- afirmou Erick, que na Seletiva chegou as duas finais mas acabou perdendo para Edimilson e Ifanger.

Descendente de japoneses, Erick começou a jogar aos 11 anos no clube Nipon, mas passou a encarar o esporte com mais seriedade quando se transferiu para o Kenzen Itú, onde foi descoberto pelo técnico Mauro Uwagoya. Em 2011, depois da excelente participação no Campeonato Paulista, passou a disputar etapas do Circuito Copa Brasil.

Inicialmente classificado como Classe 10, o atleta foi submetido a uma avaliação no Aberto do Brasil e passou para a Classe 9. Erick nasceu com pés congênitos, parecidos com o formato de tacos de golfe, e teve que fazer uma cirurgia de correção.

O procedimento corrigiu o defeito aparente, mas limitou os movimentos dos pés e enfraqueceu a musculatura da panturrilha. Mesmo assim, os resultados obtidos na Classe 9 chamaram a atenção dos técnicos da Seleção, que decidiram acompanhá-lo mais de perto.

--- Erick é uma das maiores revelações da modalidade e já está entre os melhores de sua categoria. --- garante o técnico Celso Toshimi.

Os outros atletas indicados por índice técnico são Bruno Peres (Classe 1), Guilherme Marcião (Classe 2), Airton Filho (Classe 3), Luiz Filipe Manara (Classe 8), Naíla dos Santos (Classe 3), Carollina Maldonado (Classe 9).