Lígia Silva vence Kátia Kawai e conquista a vaga para o Latino-Americano

04/12/2012 16:33

Com a experiência de quem já disputou três Jogos Olímpicos e por mais de uma década se manteve como a atleta nº 1 do país, Lígia Silva mostrou que a nova geração do Tênis de Mesa feminino precisa treinar muito mais se quiser lhe tirar o posto na Seleção Brasileira.

Na tarde dessa terça-feira, no ginásio do clube São Caetano, Lígia Silva derrotou Kátia Kawai na final da Seletiva adulta feminina, por 4 a 3, e garantiu uma vaga no Campeonato Latino-Americano, que será realizado em março de 2013, em El Salvador.

A jovem Caroline Kumahara, vencedora da Copa ITTF Latino-Americana, já está classificada para essa competição e uma terceira atleta será convocada por indicação técnica.

Lígia Silva e Kátia Kawai fizeram campanhas parecidas nessa Seletiva e chegaram a decisão invictas. O retrospecto recente apontava um ligeiro favoritismo para Kátia, que venceu os dois últimos confrontos no Campeonato Brasileiro desse ano, em Piracicaba.

No entanto, mesmo tendo muitas dificuldades, Lígia conseguiu manter o controle emocional e levou a melhor em um duelo emocionante, que poderia muito bem ter tido um desfecho diferente, já que o equilíbrio predominou do início ao fim.

--- Fiz uma preparação especial para essa competição. Passei a semana com uma frase na cabeça: “Eu posso ainda!” Consegui manter o foco até o final e estou muito feliz com essa conquista --- afirmou Lígia, garantindo que as duas derrotas que sofreu no Brasileiro para Kátia não abalaram sua confiança.

--- A história é diferente em cada jogo e competição. O clima é outro, a atmosfera, os adversários. Nunca tinha perdido para a Kátia antes e agora consegui vencê-la mais uma vez --- completou Lígia, feliz em poder constatar e acompanhar a evolução do Tênis de Mesa feminino no país.

--- Essa nova geração que vem surgindo está muito forte e isso me obriga a treinar mais ainda. São essas meninas que me estimulam e me sinto uma privilegiada por poder fazer parte desse grupo --- garantiu Lígia.

 

Primeira rodada

Lígia Silva 4 x 0 Suellen Batista (11-5, 11-5, 11-1, 11-4)

Karina Hayama 4 x 2 Lais Toma (8-11, 11-9, 11-6, 7-11, 11-3, 11-9)

Kátia Kawai 4 x 1 Letícia Nakada (11-9, 13-11, 11-7, 11-8)

Lia Ohira 4 x 0 Anyele Marques (11-2, 11-3, 11-2, 11-3)

 

Segunda rodada

Lívia Gomes 4 x 0 Lais Toma (11-6, 11-8, 11-6, 11-5)

Priscila Nascimento 4 x 0 Suellen Batista (11-7, 11-1, 11-4, 11-4)

Bruna Alexandre 4 x 0 Anyele Marques (11-4, 11-3, 11-2, 11-8)

Letícia Nakada 4 x 1 Caroline Kajihara (11-9, 5-11, 2-11, 11-9, 7-11, 4 -11)

 

Terceira rodada

Kátia Kawai 4 x 0 Caroline Kajihara (11-8, 11-7, 11-7, 11-6)

Lígia Silva 4 x 0 Priscila Dias (11-2, 11-6, 11-5, 11-4)

Bruna Alexandre 4 x 0 Lia Ohira (11-9, 11-7, 11-9, 11-9)

Livia Gomes 4 x 1 Karina Hayama (13-11, 11-7, 11-6, 7-11, 11-8),

 

Semifinal

Lígia Silva 4 x 3 Lívia Gomes (11-7, 11-8, 11-4, 10-12, 7-11, 11-2)

Kátia Kawai 4 x 2 Bruna Alexandre (11-9, 10-12, 11-8, 9-11, 11-5, 11-8)

 

Final

Lígia Silva 4 x 3 Kátia Kawai (12-10, 8-11, 11-9, 10-12, 11-5, 4-11, 11-7)